Ataque a ônibus escolar mata 14 pessoas em Burkina Faso

Não ficou imediatamente claro quem foi o responsável pela explosão, que ocorreu na província de Souru, perto da fronteira com o Mali

Dacar — Catorze pessoas foram mortas e nove ficaram feridas em um ataque a bomba contra um ônibus que levava crianças de férias escolares no norte e Burkina Faso, neste sábado (4), afirmaram duas fontes de segurança e uma da polícia.

Não ficou imediatamente claro quem foi o responsável pela explosão, que ocorreu na província de Souru, perto da fronteira com o Mali, e quantos mortos eram crianças.

Grupos islâmicos ligados à Al Qaeda e ao Estado Islâmico têm intensificado ataques na região ao longo dos últimos dois anos, apesar dos esforços internacionais para derrotá-los.

Rebeldes mataram 35 pessoas, a maioria mulheres, em 24 de dezembro, em um ataque a um posto militar na província Soum, também no norte.

Por volta de 87 militantes e um membro das forças de segurança local foram mortos no confronto, disseram as autoridades.

Burkina Faso perdeu a reputação de ser um bolsão de relativa calma na região de Sahel, após a insurgência doméstica ter sido inflada pelo surto de violência jihadista no caótico vizinho Mali.

Ataques ao longo do último ano mataram centenas e forçaram um milhão de pessoas a fugirem de suas casas.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.