A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Alemanha rejeita decisão parlamentar sobre "genocídio" armênio

O país rejeitou oito queixas contra a resolução de rotular os assassinatos de armênios por turcos otomanos como genocídio

Berlim - A Suprema Corte da Alemanha rejeitou uma série de queixas contra uma decisão do Parlamento do país de rotular os assassinatos de armênios por turcos otomanos há um século como genocídio.

O Tribunal Constitucional Federal alemão rejeitou oito queixas contra a resolução aprovada pelo Legislativo em junho.

Segundo um documento publicado pela Corte, os juízes disseram que o autor da ação não havia fornecido provas suficientes de que seus direitos fundamentais haviam sido violados e que a violação não era óbvia.

A decisão do Parlamento alemão deixou tensas as relações com o governo turco, que retirou o seu embaixador de Berlim por alguns meses. Fonte: Associated Press.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também