Especulação imobiliária aumenta na cidade de São Paulo

Especulômetro EXAME-Loft aponta que houve aumento na diferença entre o valor de anúncio de imóvel e o de registro em cartório
São Paulo: preços estão em ajuste após período de queda, afirma Loft (Luoman/Getty Images)
São Paulo: preços estão em ajuste após período de queda, afirma Loft (Luoman/Getty Images)
Por Da redaçãoPublicado em 17/06/2022 09:54 | Última atualização em 17/06/2022 09:54Tempo de Leitura: 2 min de leitura

A especulação imobiliária está em tendência de alta na cidade de São Paulo. É o que aponta a nova edição do Índice Especulômetro EXAME-Loft, que reúne a EXAME com a Loft uma das principais startups dedicadas ao mercado de imóveis no país e uma das líderes com sua plataforma digital de compra e venda.

A especulação é avaliada por meio da diferença média de preço entre o valor pedido pelo proprietário e o efetivamente acertado em contrato. O período de análise foi o trimestre encerrado em março.

Entre os 23 bairros avaliados, 15 apresentaram alta nesta diferença. A maior diferença foi registrada no bairro, Moema Índios, com 35,63%. Em seguida estão Jardim Paulistano, com 35,23% e Jardim Paulista, com 32,09%.

ESPECULÔMETRO JUNHO2

(Arte/EXAME/Exame)

Para Daniel Scalli, diretor de Engenharia e Data Science da Loft, o número de bairros com aumento da diferença entre o valor transacionado e anunciado apontam para um mercado em momento de acomodação.

Gostaria de aprender a investir em fundos imobiliários? Acesse aqui o curso gratuito da EXAME Academy em parceria com a B3

Ele explica que entre fevereiro e abril nenhum bairro teve aumento considerável em valor transacionado. "No geral, os bairros estão em estabilidade. Parece ser ajuste na cidade, depois de período de queda nos preços."

Ao analisar os preços, o levantamento aponta que desde o mês passado, houve um aumento nos bairros da Bela Vista e do Itaim Bibi, que agora em junho também subiram. Os dados indicam que o preço do metro quadrado passou de R$ 8.508,02 para R$ 8.607,64, no bairro da Bela Vista e de R$ 13.010 para R$ 13.461, no Itaim Bibi.

Já nos bairros da Aclimação o preço do metro quadrado registrou queda de R$ 9.380 para R$ 8.852. Também houve redução em Pinheiros, passando de R$ 11.170 para R$ 10.357. Veja tabela abaixo:

Preços do imóveis - especulômetro