Marketing

Vinexpo abre as portas em Bordeaux

Este é um dos maiores salões de vinho do mundo

Mais de 2.400 expositores de 47 países estarão presentes na mostra (Creative Commons)

Mais de 2.400 expositores de 47 países estarão presentes na mostra (Creative Commons)

DR

Da Redação

Publicado em 20 de junho de 2011 às 19h55.

São Paulo - A Vinexpo, um dos maiores salões mundiais de vinho e outras bebidas alcoólicas, abrirá suas portas neste domingo em Bordeaux (oeste da França), com uma forte presença de vinhos franceses e da produção da Argentina, já posicionada entre um dos principais competidores.

Durante cinco dias, 'sommelliers', administradores de hotéis, bares e dirigentes de companhias aéreas além de 50.000 profissionais do setor visitarão o salão, celebrado nos anos pares em Hong Kong e, nos ímpares, em Bordeaux.

A expectativa é de assinatura de contratos com as 2.400 empresas expositoras, procedentes de 47 países.

A Itália será o segundo maior expositor desta edição, confirmando sua importância no cenário mundial.

A França foi, em 2010, o maior produtor à frente de Itália e Espanha. Mas o volume do consumo no país vem baixando entre 6% e 7%, com menos de 50 litros consumidos por ano, segundo estudo realizado pelo escritório ISWR para a Vinexpo.

"Com a queda do consumo interno, os produtores estão sendo chamados cada vez mais a exportar", comentou para a AFP Robert Beynat, diretor geral da companhia Vinexpo, que tem como principal acionista a Câmara de Comércio e Indústria de Bordeaux.

"É preciso concentrar-se mais do que nunca nos Estados Unidos", preconiza Xavier de Eizaguirre, presidente da Vinexpo.

Do outro lado do Atlântico, a Argentina, com forte presença na Vinexpo, será "o próximo grande competidor da França" no mercado mundial, segundo Beynat.

Em 2009, o gasto mundial dos consumidores de vinho e bebidas alcoólicas, em leve aumento, ascendia a 460 bilhões de dólares, dos quais 180 bilhões para os vinhos. Nesse contexto, negociantes e produtores exporão em Bordeaux, em busca de contratos com compradores profissionais.

"É o maior salão do mundo e o único que possibilita um diálogo direto entre empresários e compradores", explicou à AFP Robert Beynat.

"A Vinexpo é principalmente uma grande festa", declarou à AFP o crítico de vinhos, o americano Robert Parker.

Acompanhe tudo sobre:bebidas-alcoolicascomida-e-bebidaEuropaFrançaPaíses ricosViagensviagens-pessoaisVinhos

Mais de Marketing

Como se antecipar e identificar tendências de mercado antes da concorrência?

Pizza Hut dará pizza grátis para quem tiver tatuagem da iguaria

PMEs aumentam investimento em publicidade e veem alta na aquisição de novos clientes

Stanley dobra aposta na Geração Z e lança copo Quencher com Olivia Rodrigo

Mais na Exame