Marketing

Saudade de viajar? Cerveja Corona paga uma diária de sua hospedagem

Diárias podem ser usadas até novembro de 2021. Marca de cerveja quer injetar R$4 milhões no setor de turismo do Brasil

Pousada Rancho do Peixe na Praia do Preá disponível na primeira fase da promoção da Corona (Corona/Divulgação)

Pousada Rancho do Peixe na Praia do Preá disponível na primeira fase da promoção da Corona (Corona/Divulgação)

Marina Filippe

Marina Filippe

Publicado em 13 de agosto de 2020 às 09h51.

Última atualização em 13 de agosto de 2020 às 11h01.

A Cerveja Corona lança o Redescubra O Paraíso, um projeto para gerar recursos financeiros para hotéis e pousadas que perderam receita por conta da pandemia do novo coronavírus. No site da campanha, o consumidor encontra mais de 200 hotéis e pousadas do Brasil em lugares próximos da natureza, que terão a primeira diária custeadas pela Corona.

São 5 mil diárias de cortesia oferecidas pela marca, uma para cada consumidor que adquirir um voucher dentro do site - unindo essas noites de hospedagem às diárias disponíveis para compra, a estimativa é de que a arrecadação seja equivalente a no mínimo 10 mil diárias, sendo 5 mil oferecidas pela cerveja e pelo menos outras 5 mil a serem adquiridas pelo público.

A iniciativa deve gerar um aporte financeiro de mais de R$ 4 milhões para o setor de turismo no Brasil.  Segundo o Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil, 80% dos hotéis no país foram fechados temporariamente a partir de abril e 40% ainda estão fechados.

"Corona é uma marca que nasceu na praia e convida o público a aproveitar a vida ao ar livre. Queremos estimular uma reconexão segura das pessoas com a natureza e vimos nesse projeto a oportunidade de apoiar um setor", diz Bruna Buás, diretora de marketing de Corona.

Os estabelecimentos participantes, que entraram na plataforma sem nenhuma taxa de adesão, estão localizados em nove estados do Brasil: São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Bahia, Alagoas, Pernambuco, Ceará, Rio Grande do Norte e Goiás.

As diárias são válidas até novembro de 2021 para que o consumidor utilize a hospedagem no momento mais seguro, seguindo as recomendações das organizações de saúde e autoridades locais por isso. É possível adquirir viagens a partir de dois dias de hospedagem com agendamento flexível durante todo o período, exceto para feriados nacionais e datas comemorativas.

"O setor do turismo tem passado por um período longo e desafiador, mas projetos como este nos deixam mais confiantes de que, juntos, podemos ajudar o turismo doméstico a resistir e sair dessa ainda mais fortes", afirma Alexandre Sampaio, presidente da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA).

Acompanhe tudo sobre:CervejasCoronaHotéisPromoções

Mais de Marketing

Burger King aposta em linha premium e 'agradece' Procon em nova campanha

Clube CMO promove workshop de assinatura com Montblanc

Valor das 100 marcas mais valiosas do mundo sobe 20% em 2024, atingindo US$ 8,3 trilhões

Site de acompanhantes expande patrocínios e marca presença em jogos da Seleção Brasileira

Mais na Exame