Geração Y é maioria no Spotify; veja o consumo na plataforma

Spotify revelou alguns números sobre como os millennials escutam música durante o dia

São Paulo – O Spotify, plataforma de streaming de música, conta com cerca de 100 milhões de usuários ao redor do globo, principalmente Américas e Europa.

Não é surpreendente que os maiores consumidores do site são os jovens da geração Y (os millennials).

Nessa semana, o Spotify revelou alguns de seus números e hábitos de consumo ao site AdWeek. 

A rede também divulgou alguns dados sobre o Brasil (mas não sobre a geração Y, sim sobre os usuários em geral).

Para as marcas e empresas que desejam entender mais sobre esses jovens, um caminho é perceber como e onde eles escutam música – momento significativo na vida de qualquer pessoa.

Veja a seguir:

Os jovens da geração Y ouvem mais música, com mais frequência e com mais variedade de lugares que outros consumidores.

Onde escutam

Escutam no desktop

25,2% da geração Y

24,6% dos outros

Escutam no smartphone

67,2% da geração Y

61,8% dos outros

Escutam no tablet

5,8% da geração Y

11% dos outros

Consumo (nos EUA)

72% dos streamings são feitos pela geração Y

143 minutos, em média, são gastos com música por eles, todos os dias

São 1.288.632.080 músicas por semana

São 4.503.714.543 minutos de música por semana

Hora do dia

Entre 14h e 17h há o pico do site, entre todas as gerações.

Às 15h, mais millennials estão online que em qualquer outra hora do dia: essa faixa responde por 6,35% do total de streamings no dia.

Enquanto, nas primeiras horas da manhã, as outras gerações estão consumindo mais (muito mais às 6h e 7h), à noite o processo se inverte e os millennials ficam na frente, como às 22h e 23h.

Ou seja: os jovens dessa geração acordam mais tarde e ficam acordados até tarde.

Brasil

Concorrentes

No Brasil, é o streaming número 1.

Spotify: 22,8%

Deezer: 14,2%

Soundcloud: 13,5%

Rdio: 13,4%

Percepção de marca

É mais alta entre adolescentes:

15-24 anos: 70%

25-34 anos: 58%

35-44 anos: 46%

45-54 anos: 26%

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.