Acompanhe:
seloMarketing

Bye, bye garrafas plásticas? Vem aí a água em latinha da PepsiCo

A mudança se aplica à Aquafina, marca de água mais vendida nos Estados Unidos, seguida pela Dasha, da Coca-Cola

Modo escuro

Continua após a publicidade
Latas de alumínio da Pepsico: produto será testado em estádios e restaurantes. (Pepsico/Reprodução)

Latas de alumínio da Pepsico: produto será testado em estádios e restaurantes. (Pepsico/Reprodução)

C
Craig Giammona, da Bloomberg

Publicado em 27 de junho de 2019 às, 17h47.

Última atualização em 27 de junho de 2019 às, 17h48.

A gigante PepsiCo  deve começar a vender água em latinhas de alumínio em vez de garrafas de plástico como uma opção para clientes como estádios e restaurantes, disse uma fonte da PepsiCo nesta quinta-feira. 

Se a nova embalagem emplacar, a Pepsico pode virar um case bem sucedido de empresa que abandona o plástico. A mudança se aplica à Aquafina, marca de água mais vendida nos Estados Unidos, seguida pela Dasha, da Coca-Cola.

As latas de alumínio são mais comuns e fáceis de serem reutilizadas do que as garrafas plásticas. Também são menos propensas a acabarem nos oceanos.

A PepsiCo também está fazendo uma transição de sua marca de água engarrafada mais cara, a LIFEWTR, para embalagens 100% recicladas até o fim de 2020 nos EUA. 

Outra marca da casa, a Bubly, de água gaseificada, já é distribuída principalmente em latas, mas também é vendida em garrafas plásticas de 600 ml, segundo a PepsiCo.

As mudanças devem eliminar mais de 8 toneladas de plástico virgem, de acordo com a empresa.

Últimas Notícias

Ver mais
Conheça o produto químico eterno que tira o sono de famosa marca de roupas
ESG

Conheça o produto químico eterno que tira o sono de famosa marca de roupas

Há 9 horas

Empresa cria PVC biodegradável para cartões e embalagens de medicamentos
ESG

Empresa cria PVC biodegradável para cartões e embalagens de medicamentos

Há uma semana

Do saneamento à saúde, Brasil é o retrato das diferenças abissais
ESG

Do saneamento à saúde, Brasil é o retrato das diferenças abissais

Há uma semana

Universalização do saneamento pode gerar R$ 47 bilhões para quem vive no Paraná
ESG

Universalização do saneamento pode gerar R$ 47 bilhões para quem vive no Paraná

Há uma semana

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais