Clube recebe Will Landers: 99% dos gringos não estão olhando para o Brasil

Em videocast da EXAME Invest, head de equities para América Latina do BTG Pactual Asset diz que incertezas locais têm afastado o investidor estrangeiro do país
Will Landers: head de ações para América Latina da BTG Pactual Asset Management | Foto: Exame/Youtube (Youtube/Reprodução)
Will Landers: head de ações para América Latina da BTG Pactual Asset Management | Foto: Exame/Youtube (Youtube/Reprodução)
Por Da RedaçãoPublicado em 18/11/2021 10:16 | Última atualização em 18/11/2021 17:25Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Com extensa experiência em instituições globais do mercado financeiro, Will Landers, head de ações para América Latina do BTG Pactual Asset Management, avalia que o aumento das incertezas sobre a economia brasileira é o principal fator para o desinteresse de investidores estrangeiros por ativos locais. 

“Hoje, 99% dos gringos não estão olhando para o Brasil”, disse Will Landers em entrevista ao mais novo episódios do Clube, videocast da EXAME Invest apresentado por Bruno Lima, head de análise de ações do BTG Pactual digital, e Daniel Cunha, da área de Sales do BTG Pactual.

“Para o investidor estrangeiro querer comprar [ativos no] Brasil, a história tem que ser bem mais simples. Hoje, a história está complicada e mal contada. Não se sabe o que vai acontecer”, disse Landers, que, antes do BTG, passou 17 anos na BlackRock, a maior gestora do mundo, liderando a área de fundos de ações para Latam em sua última posição.

Além das preocupações fiscais, segundo Landers, a maior cautela do estrangeiro também leva em consideração as eleições presidenciais do próximo ano. Para o head para América Latina do BTG, esses fatores devem manter o real desvalorizado em relação aos fundamentos. A moeda tem oscilado entre 5,50 e 5,60 reais nos últimos dias. 

“Oportunidade sempre existe. Um antigo colega da BlackRock dizia que, na média, de 40% a 50% das ações de mercados emergentes sobem todos os anos. Então há chance de ganhar dinheiro, mas acertar toda hora é difícil.”

Para Landers, uma das oportunidades no mercado brasileiro está nas ações das Lojas Renner (LREN3). Trata-se atualmente de sua maior aposta entre as listadas na B3. “É uma história de reabertura, estão investindo no e-commerce -- e o que ganharam vão manter --, mas sem uma grande migração do negócio original. É uma empresa que tem uma boa história desde o IPO e voltou a ser uma das nossas principais posições”, afirma.

Assista ao videocast Clube, da EXAME Invest, com Will Landers, head de ações para América Latina do BTG Pactual Asset: