As ações que pagam dividendos mais indicadas para maio

Levantamento feito pela EXAME Invest mostra as ações mais recomendadas por oito corretoras para este mês
Algumas ações indicadas têm bom histórico de pagamento de dividendos (Germano Lüders/Exame)
Algumas ações indicadas têm bom histórico de pagamento de dividendos (Germano Lüders/Exame)
Por Karla MamonaPublicado em 05/05/2022 17:37 | Última atualização em 05/05/2022 18:24Tempo de Leitura: 4 min de leitura

As ações da Itaúsa (ITSA4) lideram o ranking das recomendações de bancos, corretoras e casas de análise para o mês de maio como pagadoras de dividendos. Os papéis foram citados em quatro das oito carteiras consultadas pela EXAME Invest.

Sobre a Itaúsa, os analistas destacaram que as ações podem ser uma boa alternativa ao Itaú, tendo uma grande exposição ao banco, ao mesmo tempo que está se diversificando cada vez mais, o que pode ser feito com a venda de participações em empresas de serviços financeiros ou com a exploração de outros segmentos.

“Como referência, a empresa vem estudando investimentos em distribuição de energia e agronegócio. Assim, mantemos nossa recomendação de compra para a ação, que permanece com um desconto atraente através da metodologia de avaliação da SOTP (soma das partes)”, destacou a equipe de analistas da Ágora Investimentos.

Já os analistas do Santander destacaram em relatório que a Itaúsa aportou recentemente R$ 1,3 bilhão na Aegea — e agora também está presente no setor de saneamento. As principais empresas controladas pela Itaúsa se destacam nos diversos setores de negócios: Itaú Unibanco Holding S.A. e suas controladas Banco Itaú e Banco Itaú BBA, no segmento financeiro, e Dexco, Alpargatas, NTS e Itautec, no setor não industrial  Somado a isso, o banco destacou que a Itaúsa herdou as ações da XP recentemente cindidas do Itaú Unibanco.

No final de março, a Itaúsa anunciou a venda de 12 milhões de ações das ações da XP, por um total de R$ 1,8 bilhão. A holding explicou que essas ações eram uma posição não estratégica no portfólio e que suas reservas de caixa precisavam ser reconfiguradas após suas recentes aquisições.

“Como parte do acordo firmado entre Itaú e XP no passado, o Itaú ainda exercerá um direito de compra de participação adicional de 11,38% da XP ao múltiplo de 19,0x P/L 2021 (transação já anunciada pelo Itaú e aprovada pelo Bacen). De acordo com nossos cálculos, a operação trará um ganho líquido de impostos de aprox. R$ 21 bilhões (ou10% do valor de mercado de Itaú). No caso de uma distribuição de dividendos 100% extraordinária, a Itaúsa receberia 37,3% deste valor, e o ganho de capital pós impostos poderia representar 9,1% da capitalização de mercado atual da Itaúsa.”

TIM e VALE

Outras duas ações que foram citadas no ranking são TIM (TIMS3) e Vale (VALE3), com três indicações cada uma. Em relação à TIM, os analistas destacaram que a companhia está oferecendo atualmente uma relação risco-retorno mais atrativa, tendo em vista: valuation mais descontado e maior potencial de valorização com a incorporação dos ativos móveis da Oi nos próximos trimestres.

Já sobre a Vale, a mineradora foi destaque por alguns motivos que devem beneficiar a companhia ao longo dos meses. Um deles é o estímulo chinês que deve aumentar a demanda de minério de ferro e refletir positivamente no resultado operacional da Vale. Com o caixa reforçado, a perspectiva é que a companhia pague dividendos gordos aos acionistas, no valor de cerca de US$ 13 bilhões. Vale lembrar que no ano passado, a mineradora foi a maior pagadora de dividendos, distribuindo um total de R$ 73,3 bilhões aos acionistas.

Assine a EXAME e fique por dentro das principais notícias que afetam o seu bolso. Tudo por menos de R$ 0,37/dia.

Ranking

Veja o ranking abaixo:

Ação Recomendação
Itaúsa (ITSA4) 4
TIM (TIMS3) 3
Vale (VALE3) 3
Vibra Energia (VBBR3) 2
BB Seguridade (BBSE3) 2
ISA CTEEP (TRPL4) 2
Taesa (TAEE11) 2
Telefônica Vivo (VIVT3) 2
EDP Brasil (ENBR3) 2
Cemig (CMIG4) 1
Petrobras (PETR4) 1
Gerdau (GGBR4) 1
Itaú Unibanco (ITUB4) 1
Syn Prop & Tech (SYNE3) 1
B3 (B3SA3) 1
Unipar (UNIP6) 1
CSN (CSNA3) 1
Engie (EGIE3) 1
Grendene (GRND3) 1
Odontoprev (ODPV3) 1
CPFL Energia (CPFE3) 1
Minerva (BEEF3) 1
Banco do Brasil (BBAS3) 1
Bradespar (BRAP4) 1
Copel PNB (CPLE6) 1

Carteiras

Ágora Investimentos

Desempenho em abril: -5,60%
Desempenho no ano: 6%
Ações excluídas: Caixa Seguridade
Ação incluída: Vale

Ação Peso (%)
Cemig (CMIG4) 20
Itaúsa (ITSA4) 20
TIM (TIMS3) 20
Vale (VALE3) 20
Vibra Energia (VBBR3) 20

Elite

Desempenho em abril: -3,65%
Desempenho em 2022: 14,29%
Não houve alteração na carteira.

Ação Peso (%)
BB Seguridade (BBSE3) 20
Itaúsa (ITSA4) 20
ISA CTEEP (TRPL4) 20
Taesa (TAEE11) 20
Telefônica Vivo (VIVT3) 20

Guide Investimentos

Desempenho em abril: -8,14%
Desempenho em 2022: +3,06%
Não houve alteração na carteira.

Ação Peso (%)
EDP Brasil (ENBR3) 20
Itaú Unibanco (ITUB4) 20
Petrobras (PETR4) 20
TIM (TIMS3) 20
Vale (VALE3) 20

Genial

Desempenho em abril: -7,46%
Desempenho em 2022: 11,19%
Ações excluídas: Copel
Ações incluídas: Cyrela Commercial Properties

Ação Peso (%)
BB Seguridade (BBSE3) 20
Gerdau (GGBR4) 20
Itaú Unibanco (ITUB4) 20
Syn Prop & Tech (SYNE3) 20
Vale (VALE3) 20

Nova Futura

Desempenho em abril: 13,30%
Desempenho em 2022: 33,65%
Ações excluídas: Cyrela
Ação incluída: Unipar

Ação Peso (%)
B3 (B3SA3) 20
CTEEP Cia Transm Energia Eletr Paulista (TRPL4) 20
Gerdau (GGBR4) 20
Unipar (UNIP6) 20
Vivo Telefônica (VIVT3) 20

Planner

Desempenho em abril: -1,96%
Desempenho em 2022: 12,10%
Ações excluídas: Alupar, Bradespar, Cemig, Minerva e Petrobras
Ações incluídas: CSN, Engie, Grendene, Odontoprev e Taesa

Ação Peso (%)
CSN (CSNA3) 20
Engie (EGIE3) 20
Grendene (GRND3) 20
Odontoprev (ODPV3) 20
Taesa (TAEE11) 20

Santander

Desempenho em abril: -3,79%
Desempenho em 2022: 16,69%
Não houve alteração na carteira.

Ação Peso (%)
CPFL Energia (CPFE3) 20
Itaúsa (ITSA4) 20
Minerva (BEEF3) 20
Petrobras (PETR3) 20
Vale (VALE3) 20

Terra

Desempenho em abril: -3,22%
Desempenho em 2022: 10,65%
Não houve alteração na carteira.

Ação Peso (%)
Banco do Brasil (BBAS3) 20
Bradespar (BRAP4) 20
Copasa (CSMG3) 20
Copel PNB (CPLE6) 20
Telefônica Vivo (VIVT3) 20