Preço das passagens aéreas já subiu 45%, aponta levantamento

Levantamento realizado pelo Kayak apontou que o maior aumento ocorreu nas passagens para Florianópolis
Viagens: passagens estão mais caras porque refletem o aumento de preço dos combustíveis de aviação, aumento de demanda pós pandemia, variação cambial entre moedas, entre outros (Reprodução/Unsplash)
Viagens: passagens estão mais caras porque refletem o aumento de preço dos combustíveis de aviação, aumento de demanda pós pandemia, variação cambial entre moedas, entre outros (Reprodução/Unsplash)
Por Tales RamosPublicado em 05/04/2022 16:31 | Última atualização em 06/04/2022 10:56Tempo de Leitura: 3 min de leitura

Para quem está planejando uma viagem e procurando passagens, é bom começar a se preparar. As passagens aéreas para destinos nacionais e internacionais estão ficando mais caras, e os valores devem continuar subindo. É o que aponta um levantamento do Kayak, plataforma de comparação de voos, feito no mês de março em comparação com o mês anterior.

Nos destinos nacionais, a cidade de Florianópolis lidera nas altas de preços, com uma variação de 45% comparado ao mês de fevereiro, seguido de Brasília (41%), São Paulo (40%) e Rio de Janeiro (40%). Maceió conta com o maior preço médio entre os destinos buscados, de R$ 1.510, confira a tabela abaixo:

Tabela de Preços da Kayak

A pesquisa foi feita na base de dados do KAYAK buscando por voos de ida e volta saindo de todos os aeroportos do Brasil com destino a todos os aeroportos do Brasil. Foram consideradas buscas feitas entre 01/03/2022 e 15/03/2022 para viagens realizadas entre 01/03/2022 e 31/12/2022. (Kayak/Reprodução)

Destinos internacionais

Ao avaliar os destinos internacionais mais buscados, a cidade de Lima, Peru, conta com a maior taxa de aumento de preço, sendo 20%, seguida de Porto e Amsterdã com 17% e depois Paris (16%), Londres (15%) e Lisboa (14%). Dentre todas as cidades citadas, apenas Cancún demonstrou uma queda no preço da passagem, de 1%, em comparação com o mês anterior. As passagens mais caras são para as cidades de Lisboa e Londres, custando R$ 5.299 e R$ 5.250, respectivamente. Já a mais barata é para a cidade de Buenos Aires, com valor de R$1.900.

Tabela de Preços da Kayak

A pesquisa foi feita na base de dados do KAYAK buscando por voos de ida e volta saindo de todos os aeroportos do Brasil com destino a todos os aeroportos fora do Brasil. Foram consideradas buscas feitas entre 01/03/2022 e 15/03/2022 para viagens realizadas entre 01/03/2022 e 31/12/2022. (Kayak/Reprodução)

Gustavo Vedovato, country manager do Kayak Brasil, explicou que existem diferentes variáveis que contribuem para o aumento geral de preços das passagens aéreas.“Dificilmente há apenas uma causa para a formatação do preço de uma passagem aérea. Em algum momento, algum fator pode representar mais do que o outro.” 

Segundo ele, atualmente, tem refletido no preço das passagens o aumento dos combustíveis de aviação, crescimento da demanda pós pandemia, variação cambial entre moedas e temporada de viagens para cada destino.

Como vai ficar o dólar nos próximos meses? Descubra com os relatórios e as análises do BTG Pactual