PicPay muda rendimento automático da conta corrente; veja como funcionará

Saldo depositado nas contas de clientes será aplicado em um CDB com liquidez diária e rendimento de 102% do CDI
PicPay: rendimento automático da conta será atrelado a CDBs do PicPay Bank (Rogério Cassimiro/Divulgação)
PicPay: rendimento automático da conta será atrelado a CDBs do PicPay Bank (Rogério Cassimiro/Divulgação)
Bianca Alvarenga
Bianca Alvarenga

Publicado em 28/07/2022 às 12:10.

Última atualização em 28/07/2022 às 16:33.

O PicPay anunciou hoje, 28, uma mudança na regra do rendimento automático das contas dos clientes. Agora, os valores depositados serão automaticamente aplicados em CDBs com liquidez diária. Antes, o dinheiro era investido em títulos públicos que também garantiam ao cliente a possibilidade de saque imediato.

Os CDBs serão emitidos pelo próprio PicPay. A fintech obteve a permissão para operar como banco múltiplo após incorporar a operação do Banco Original do Agronegócio (um braço do Banco Original que era controlado pela holding J&F) ao PicPay, processo que criou o PicPay Bank. Com a mudança, a empresa deixa de ser apenas uma plataforma de pagamento e passa a poder oferecer mais serviços.

O que mudou no rendimento da conta do PicPay?

A operação de rendimento da conta por meio de CDBs, e não mais por títulos públicos, traz algumas diferenças para o perfil da aplicação. A primeira é o risco. CDBs são cobertos pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC) – isso significa que depósitos em conta corrente do PicPay com o limite de até 250 mil reais estão garantidos por essa "reserva".

Não que a aplicação tenha se tornado mais segura, uma vez que os títulos públicos têm risco soberano (ou seja, são emitidos pelo governo, que é considerado o ente mais seguro do mercado). A diferença é que, antes, qualquer depósito acima de 100 mil reais em contas do PicPay rendia 100% do CDI, ligeiramente abaixo do rendimento de valores menores que esse.

A taxa de retorno continuará a ser de 102% do CDI. Como acompanha a taxa Selic, o CDI está atualmente perto dos 13% ao ano. Cerca de um mês atrás, o PicPay reduziu o rendimento automático das contas de 105% para 102% do CDI.

O saldo exibido na tela será o líquido (já com o desconto de tributos). Por causa da tabela regressiva do IOF e do Imposto de Renda, quanto mais tempo o dinheiro ficar investido, maior será o valor líquido de resgate.

Em nota, o PicPay informou que a mudança será liberada gradualmente para os clientes, e que será necessário fazer um aceite para alterar a forma dos rendimentos.

"Aqueles que não optarem pelo CDB nas configurações da conta permanecerão com seus recursos depositados devidamente lastreados em títulos públicos com liquidez diária, mas sem rendimento", informou a fintech, em nota.