Número de investidores menores de idade cresce 1.100% em cinco anos

Jovens também aumentaram exposição e 35% já investem em renda variável, de acordo com levantamento da Nu invest
Investidores menores de idade podem ter conta na instituição financeira aberta por um adulto | Foto: Seksan Mongkhonkhamsao/ GettyImages (Seksan Mongkhonkhamsao/Getty Images)
Investidores menores de idade podem ter conta na instituição financeira aberta por um adulto | Foto: Seksan Mongkhonkhamsao/ GettyImages (Seksan Mongkhonkhamsao/Getty Images)
D
Da Redação

Publicado em 22/09/2021 às 17:25.

Última atualização em 23/09/2021 às 09:58.

O crescimento de pequenos investidores é uma realidade também para os menores de idade. O número de menores de 18 anos que investem aumentou cerca de 1.100% nos últimos cinco anos, segundo levantamento da Nu invest (ex-Easynvest), com investidores da própria base. 

Investidores menores de idade podem ter conta na instituição financeira aberta por um adulto desde que a criança ou adolescente tenha um CPF ativo – alguns bancos e plataformas também costumam pedir alguns documentos de autorização. 

Para Fabio Macedo, diretor comercial da plataforma, os pais podem auxiliar os filhos a investir como forma de educação financeira. “Abrir uma conta em uma corretora e pensar em uma carteira de investimentos em conjunto é, talvez, a melhor maneira de os pais deixarem um legado financeiro real aos seus filhos. São ensinamentos de educação financeira que eles levarão para o resto da vida”, afirma.

A partir da abertura da conta, é possível que o adolescente invista em opções de renda fixa e variável como tesouro direto, CDBs e ações. 

Segundo levantamento da plataforma de investimentos do Nubank, o número de jovens investidores apostando em renda variável aumentou junto com a queda da taxa básica de juros, a Selic, que caiu quatro pontos percentuais entre 2019 e 2020, chegando à mínima histórica de 2% ao ano. Enquanto que em 2016 menos de 5% investiram nesses produtos, atualmente o percentual já é de cerca de 35% do total.

No recorte por sexo dentro dos clientes com menos de 18 anos da Nu invest, os homens investem em opções mais arriscadas em comparação às mulheres: enquanto 44% deles investem em renda variável, apenas 27% faz o mesmo.