Mesmo com inflação, preço da internet móvel cai no Brasil; confira os planos mais baratos

A plataforma Melhor Plano analisou o valor unitário do gigabyte da TIM, Oi, Claro e Vivo; confira qual possui o melhor custo-benefício
Celular: confira os planos móveis mais baratos do país (DircinhaSW/Getty Images)
Celular: confira os planos móveis mais baratos do país (DircinhaSW/Getty Images)
M
Mariana Martucci

Publicado em 09/08/2022 às 15:15.

Última atualização em 09/08/2022 às 15:31.

Um levantamento inédito publicado recentemente pela plataforma Melhor Plano revelou que a diferença entre o maior e o menor valor cobrado por gigabyte em planos de celular pode chegar a 14 vezes. A análise compara o valor unitário do gigabyte nas modalidades controle, pós e família da Oi, Claro, Vivo e TIM.

No Brasil, o maior valor cobrado pelo gigabyte em franquias móveis é de R$ 4,37, enquanto o menor valor é sete vezes mais baixo: apenas R$ 0,32. Na análise, obtida com exclusividade pela EXAME, a Oi sai na frente das concorrentes como a opção mais vantajosa para o consumidor.

Assine a EXAME e fique por dentro das principais notícias que afetam o seu bolso.

Os resultados foram calculados a partir da média de preços de todos os planos presentes no comparador da plataforma. Ao indicar quais planos oferecem o melhor custo-benefício, o site busca orientar a tomada de decisão dos consumidores a partir do comparativo de preços e gigabytes oferecidos.

Média nacional de preço por faixa de gigabytes

Média nacional de preço/GB por faixa de gigabytes
De 0 a 20 GB

R$ 3,88

De 20 a 60 GB

R$ 2,54

De 60 a 100 GB

R$ 2,18

Mais de 100 GB

R$ 2,74

A pesquisa revelou que nem sempre um maior volume de dados faz os valores ficarem menores. A análise destacou os planos na faixa de 60 GB a 100 GB, que oferecem aos consumidores a melhor média na relação custo/quantidade de gigabytes, enquanto os planos com mais de 100 GB representam a segunda opção mais cara. Os pacotes de 0 a 20 GB são a escolha menos vantajosa.

Relação preço por gigabyte de cada operadora

Claro

Vivo

TIM

Oi

De 0 a 20 GB

R$ 4,37

R$ 3,96

N/E

R$ 3,33

De 20 a 60 GB

R$ 2,98

R$ 3,13

R$ 2,58

R$ 1,49

De 60 a 100 GB

R$ 2,15

R$ 3,42

R$ 2,84

R$ 0,32

+ de 100 GB

R$ 1,93

R$ 3,94

R$ 2,35

N/E

Segundo o levantamento, em 2022, a operadora Oi oferece os pacotes com os melhores custos para os clientes. A provedora é considerada uma boa opção para quem quer economizar no pacote de dados, mesmo sem disponibilizar franquias móveis com mais de 100 GB no comparador do Melhor Plano.

Embora a Oi apresente os menores preços dentre as operadoras nacionais, a Pesquisa de Satisfação e Qualidade Percebida de 2021 da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) revelou que a prestadora teve o maior índice de insatisfação entre os usuários nas modalidades de celular pré e pós-pago.

A Claro é a provedora com o maior preço por gigabyte na tabela, com um valor médio de R$ 4,37 na faixa de 0 a 20 GB. Entretanto, a operadora apresenta uma diferença considerável diante das concorrentes conforme o aumento do volume de dados nos planos. Apesar de perder para a TIM na faixa de 20 a 60 GB, a Claro tem os melhores preços nas faixas de 60 a 100 GB e mais de 100 GB, atrás apenas da Oi. Vale pontuar que, segundo a Anatel, a Claro teve o maior índice de satisfação geral em 2021.

Diferença de preços entre 2021 e 2022

(Melhor Plano/Divulgação)

Segundo o estudo, contratar planos de celular no Brasil ficou mais barato entre 2021 e 2022: o valor médio cobrado pelo gigabyte em franquias móveis de 20 GB a 60 GB, por exemplo, caiu pela metade em 2022, com uma redução de R$ 4,94 para R$ 2,54. Já em pacotes de 0 a 20 GB, o valor teve queda similar se comparado ao ano anterior: o que valia R$ 6,06 agora custa apenas R$ 3,88.

Com a escalada da inflação no país, a queda de custo por gigabyte chama atenção. A previsão para o preço por gigabyte no país considerava um aumento na cobrança média dos pacotes de pelo menos 9,5% para o ano. Ao contrário do que se esperava, os planos de internet móvel estão mais baratos do que em 2021, uma boa notícia para os consumidores.

Importante destacar que os resultados da pesquisa, gerados com base nos pacotes disponíveis no comparador do Melhor Plano, foram calculados a partir da média dos preços dos planos controle e pós-pago nacionais. Isso significa que eles podem variar de acordo com o estado ou cidade.

Além disso, junto do preço, outros fatores podem influenciar a escolha por um plano específico, como o acesso gratuito a aplicativos e redes sociais, ligações e SMS ilimitados e demais bônus e descontos. Por isso a importância de comparar as ofertas de diferentes operadoras com calma e identificar se, quando promocionais, os valores correm o risco de mudar após um certo período.