Iti lança ferramenta para separar dinheiro guardado por objetivo

Os clientes do Iti poderão alocar recursos em diferentes saldos dentro da mesma conta e poupar com foco na realização de objetivos distintos
"Minhas Metas" do iti: todos os saldos, assim como o da conta original, têm rendimento diário equivalente a 100% do CDI (Itaú Unibanco/Divulgação)
"Minhas Metas" do iti: todos os saldos, assim como o da conta original, têm rendimento diário equivalente a 100% do CDI (Itaú Unibanco/Divulgação)
Karla Mamona
Karla MamonaPublicado em 13/07/2022 às 11:28.

O Itaú Unibanco anunciou nesta quarta-feira, 13, que um novo recurso dentro do Iti, conta digital do banco digital. Denominado de “Minhas Metas”, a solução permitirá distribuir o saldo e organizar as finanças para atingir diferentes objetivos. A novidade já está disponível para os todos os clientes da fintech. A funcionalidade é similar a anunciada pelo Nubank na útima segunda-feira.

Com a nova ferramenta, os clientes do Iti poderão alocar recursos em diferentes saldos dentro da mesma conta e poupar com foco na realização de objetivos distintos, que poderão ser acompanhados separadamente.

Todos os saldos, assim como o da conta original, têm rendimento diário equivalente a 100% do CDI, o que significa uma remuneração superior à da poupança, e sem a cobrança de IOF. Os valores podem ser resgatados a qualquer horário, inclusive aos finais de semana, e as metas podem ser ajustadas sempre que for preciso.

"As pessoas têm necessidade de separar dinheiro para distintas finalidades ao mesmo tempo. A lógica de concentrar todo o valor em um único saldo pode dificultar a sua organização. Ouvimos muito e, numa jornada simples e extremamente eficaz, passamos a oferecer ao nosso cliente a possibilidade de separar o seu dinheiro do jeito que for mais conveniente, dentro da sua própria conta. Com isso, os clientes têm mais clareza e autonomia para atingir suas metas e objetivos, de forma simultânea e controlada", afirma João Araújo, diretor do iti Itaú.

Dentro do app, os clientes também conseguem acompanhar quanto o dinheiro de cada meta está rendendo.