Acompanhe:

Rolls-Royce sobe 7% após lucros mais que dobrarem em 2023

Empresa também previu um salto em 2024, à medida que aeronaves impulsionadas por seus motores voam mais e a demanda por centros de dados aumenta

Modo escuro

Continua após a publicidade
A Rolls, que fabrica sistemas de geração de energia, além de motores para grandes aeronaves comerciais, tem registrado um forte crescimento sob uma nova liderança (Claro Cortes IV/Reuters)

A Rolls, que fabrica sistemas de geração de energia, além de motores para grandes aeronaves comerciais, tem registrado um forte crescimento sob uma nova liderança (Claro Cortes IV/Reuters)

A multinacional aeroespacial britânica Rolls-Royce informou nesta quinta-feira, 22, que seu lucro anual mais que dobrou no ano passado, superando o consenso dos analistas. Como resultado, as ações da companhia subiam mais de 7% no pregão desta quinta em Londres. 

A empresa também previu um salto em 2024, à medida que aeronaves impulsionadas por seus motores voam mais e a demanda por centros de dados aumenta.

A Rolls, que fabrica sistemas de geração de energia, além de motores para grandes aeronaves comerciais, tem registrado um forte crescimento sob a liderança de Tufan Erginbilgic, o ex-executivo da BP que assumiu o comando há um ano.

O lucro operacional subjacente do grupo no ano passado foi de 1,6 bilhão de libras ($2 bilhões), bem acima da previsão de analistas de 1,4 bilhão de libras, e da própria previsão da holding, de 1,2-1,4 bilhão de libras. O resultado foi de 652 milhões de libras em 2022.

Para este ano, a Rolls prevê que o lucro operacional subjacente aumentará pelo menos 6%, prevendo uma faixa entre 1,7 bilhão de libras e 2 bilhões de libras, em comparação com a previsão de consenso atual de 1,7 bilhão de libras.

"Estamos desbloqueando nosso pleno potencial como uma Rolls-Royce de alto desempenho, competitiva, resiliente e em crescimento", disse Erginbilgic em comunicado na quinta-feira.

A melhoria do lucro foi impulsionada por economias de custos implementadas pelo executivo e sua estratégia de preços, que visa tornar o maior nome da empresa de engenharia britânica um negócio de margem mais alta.

Ao longo de 2023, as ações da Rolls-Royce dispararam mais de 200%, tendo o principal desempenho no índice bluechip da Grã-Bretanha. Em novembro, a holding anunciou que pode quadruplicar os lucros até 2027. 

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Casas Bahia (BHIA3) reporta sexto prejuízo consecutivo — e as ações pagam a conta com queda de 8%
seloMercados

Casas Bahia (BHIA3) reporta sexto prejuízo consecutivo — e as ações pagam a conta com queda de 8%

Há 2 semanas

Magazine Luiza (MGLU3) reverte prejuízo, mas ações são penalizadas no Ibovespa. Por quê?
seloMercados

Magazine Luiza (MGLU3) reverte prejuízo, mas ações são penalizadas no Ibovespa. Por quê?

Há 3 semanas

Fim da parceria com Kanye West pesa e Adidas registra primeiro prejuízo em 30 anos
seloMercados

Fim da parceria com Kanye West pesa e Adidas registra primeiro prejuízo em 30 anos

Há um mês

Ações do Zoom disparam 13% com resultado acima das expectativas
seloMercados

Ações do Zoom disparam 13% com resultado acima das expectativas

Há 2 meses

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais