Invest

Petróleo inicia o dia em alta após ataque de Israel contra Irã, mas preços 'se acalmam'

Analistas ainda estão apreensivos com uma guerra em maior escala no Oriente Médio

Publicado em 19 de abril de 2024 às 07h59.

Os preços do petróleo oscilaram nesta sexta-feira depois que Israel realizou um ataque contra o Irã, provocando temores de uma guerra em maior escala no Oriente Médio. Sem registro de mortos ou feridos, a ação israelense foi vista como uma retaliação ao lançamento de mais de 300 mísseis e drones por parte de Teerã no final de semana.

Ambos os índices de referência do petróleo foram negociados em baixa por volta das 11h15, horário de Londres (7h40, horário de Brasília), eliminando os ganhos de mais de 3% do início da sessão, segundo a CNBC.

Os preços futuros do petróleo bruto Brent foram negociados em baixa de 0,6%, a US$ 86,60 por barril, depois de chegarem a US$ 90 no início da sessão. Enquanto isso, os futuros do West Texas Intermediate (fluxo de petróleo bruto produzido no Texas e no sul de Oklahoma e também usado como referência na precificação) caíram 0,4%, sendo negociados a US$ 82,29 por barril.

Apesar da aparente "redução de danos" com os recentes ataques, especialistas ainda estão apreensivos com a possibilidade de uma guerra maior no Oriente Médio e que isso prejudique as exportações de petróleo do Golfo Pérsico. A região é responsável por mais de 20 milhões de barris de petróleo por dia.

Uma interrupção ou fechamento do Estreito de Ormuz, um importante ponto que fica entre o Irã e Omã e por onde passam diariamente 20% da produção global de petróleo, faria com o que os preços da commodity disparassem.

Acompanhe tudo sobre:PetróleoOriente MédioIrã

Mais de Invest

Quanto rende 500 mil a 100% do CDI?

Quanto rende R$ 1 milhão? Poupança, Tesouro Selic, IPCA+, e mais...

Quanto rendem R$ 100 mil na poupança?

Quanto rendem R$ 2 milhões na poupança? Veja valor por mês e comparação com outros investimentos

Mais na Exame