Acompanhe:

Petrobras (PETR4) anuncia R$ 43,7 bilhões em dividendos referentes ao 3º tri

Pagamento é anunciado após dividendos históricos de R$ 88 bi no trimestre passado

Petrobras anuncia nova rodada de dividendos bilionários com resultado do terceiro trimestre (Montagem Andrei Morais/Shutterstock)

Petrobras anuncia nova rodada de dividendos bilionários com resultado do terceiro trimestre (Montagem Andrei Morais/Shutterstock)

B
Beatriz Quesada

3 de novembro de 2022, 19h13

A Petrobras (PETR3/PETR4) acaba de confirmar, em fato relevante, que o conselho de administração aprovou o pagamento de dividendos de R$ 43,684 bilhões referentes ao resultado do terceiro trimestre que será divulgado hoje após o fechamento do pregão. Serão pagos R$ 3,3489 por ação preferencial e ordinária.

O valor é pouco menos da metade dos dividendos históricos pagos no trimestre passado, que somaram R$ 88 bilhões e levaram a companhia a ser a maior pagadora de dividendos do mundo no período.

Leia mais: Dividendos: como posso acompanhar o recebimento?

Segundo a empresa, o valor está alinhado à Política de Remuneração aos Acionistas, que prevê que, em caso de endividamento bruto inferior a US$ 65 bilhões, a companhia poderá distribuir aos seus acionistas 60% da diferença entre o fluxo de caixa operacional e as aquisições de ativos imobilizados e intangíveis (investimentos). 

"Além disso, a política também prevê a possibilidade de pagamento de dividendos extraordinários, desde que sua sustentabilidade financeira seja preservada", informa o documento.

A companhia reforça ainda que o valor distribuído aos acionistas não impacta possíveis investimentos estratégicos. "Não existem investimentos represados por restrição financeira ou orçamentária e a decisão de uso dos recursos excedentes para remunerar os acionistas se apresenta como a de maior eficiência para otimização da alocação do caixa", defende a estatal.

Assine a EXAME e fique por dentro das principais notícias que afetam o seu bolso. Tudo por menos de R$ 0,37/dia

Qual a data-com para receber os dividendos da Petrobras?

O pagamento será dividido em duas partes iguais nos meses de dezembro e janeiro. A primeira parcela, de R$ 1,67445, será paga em 20 de dezembro. A segunda, também de 1,67445, será paga um mês depois, em 19 de janeiro de 2023. 

A data de corte (data-com) será 21 de novembro e os papéis passam a ser negociados como ex-dividendos a partir de 22 de novembro deste ano.

Leia mais: Os dividendos bilionários da Petrobras e da Exxon têm a mesma explicação