• BVSP 117.669,90 -0,5%
  • USD 5,6926 +0,0118
  • EUR 6,7616 +0,0000
  • ABEV3 15,43 -0,13%
  • BBAS3 29,27 +0,55%
  • BBDC4 25,25 +0,04%
  • BRFS3 23,91 -1,97%
  • BRKM3 43,57 -0,98%
  • BRML3 9,95 +1,95%
  • BTOW3 62,7 -0,85%
  • CSAN3 89,25 -0,45%
  • ELET3 35,45 -1,50%
  • EMBR3 16,02 -0,37%
  • Petróleo 59,31 +0,00%
  • Ouro 1.746,80 +0,00%
  • Prata 25,55 +0,00%
  • Platina 1.208,00 +0,00%

Nikkei sobe impulsionado por fundo de pensão

O índice superou o nível de 15 mil pontos no pregão desta terça-feira pela primeira vez em mais de oito semanas

Tóquio - O principal índice acionário da Bolsa de Tóquio, o Nikkei, superou o nível de 15 mil pontos no pregão desta terça-feira pela primeira vez em mais de oito semanas, reagindo à possibilidade de o fundo de pensão japonês aumentar significativamente os investimentos em ações.

O índice Nikkei chegou ao fim da sessão com ganhos de 0,66%, aos 15.034,25 pontos. O volume também foi ligeiramente mais saudável que nos últimos pregões, com mais de 2,2 bilhões de ações trocando de mãos.

Mais cedo, Yasuhiro Yonezawa, chefe do comitê de investimentos do Fundo de Investimento de Pensões do Governo (GPIF, na sigla em inglês), disse em entrevista ao Nikkei que o fundo pode divulgar um novo plano de investimento até agosto.

Para ele, uma meta de 20% para o investimento em ação, superior ao mínimo de 12% atualmente em vigor, não seria uma barreira muito grande. O GPIF gerencia 130 bilhões de yuans.

"A probabilidade de uma exposição maior do GPIF a ações domésticas é o que os investidores estrangeiros estão falando, junto com o dólar mais forte e um tom geral mais otimista para ações globalmente", explicou Daisuke Uno, estrategista na Sumitomo Mitsui Banking.

Ainda assim, Yutaka Miura, analista técnico sênior na Mizuho Securities, lembrou que ainda é preciso ver uma alta significativa no volume negociado para que o mercado não sofra com uma rápida fuga de capital.

As ações de empresas de grande peso no índice desempenharam melhor. Os papéis da Fast Retailing subiram 1,5%, os do SoftBank ganharam 1,8% e os da Fanuc valorizaram 1,5%.

Entre os exportadores, beneficiando-se de um dólar mais forte, as ações da Tokyo Electron avançaram 2,5% e as da Denso fecharam em alta de 1,6%. Fonte: Dow Jones Newswires.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.