Invest

Japão entra em recessão, contração no Reino Unido e Focus: 3 assuntos que movem o mercado

PIB japonês recua pelo segundo trimestre consecutivo e país perde o posto de terceiro mais rico do mundo para a Alemanha

Visor de bolsa do Japão: PIB do Japão termina 2023 negativo (Chris McGrath/Getty Images)

Visor de bolsa do Japão: PIB do Japão termina 2023 negativo (Chris McGrath/Getty Images)

Guilherme Guilherme
Guilherme Guilherme

Repórter de Invest

Publicado em 15 de fevereiro de 2024 às 08h26.

Última atualização em 15 de fevereiro de 2024 às 08h41.

As bolsas internacionais sobem na manhã desta quinta-feira, 15, dando continuidade à recuperação iniciada na véspera, após dados da inflação americana terem derrubado os índices globais no início da semana. No Brasil, onde as negociações retornaram na última tarde, o Ibovespa caiu 0,79%, precificando as perdas registradas no exterior enquanto a bolsa brasileira esteve fechada durante o Carnaval.

Boletim Focus

Esta quinta será o primeiro dia em que a bolsa brasileira voltará a operar normalmente, com abertura prevista para às 10h. Devido à pausa, a divulgação do Boletim Focus, tradicionalmente divulgado no início da semana, ficou para hoje. A principal alteração foi um ajuste de 1 ponto-base para cima nas expectativas para o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deste e do próximo ano, que passaram a ser de 3,82% e 3,51%, respectivamente. Nesta semana, mais curta, a agenda de balanços segue morna.

Japão deixa de ser a 3ª maior economia do mundo

No exterior, os principais destaques são os dados de atividade econômica, especialmente a inesperada recessão que abateu a economia japonesa. O Produto Interno Bruto (PIB) do Japão caiu 0,1% no quarto trimestre ante expectativa de 0,2% de alta. Em termos anualizados, a queda do PIB do Japão foi de 0,4%, o suficiente para que o país perdesse a terceira colocação de mais rico do mundo para a Alemanha. Este foi o segundo trimestre consecutivo de contração do PIB japonês, o que coloca o país em uma recessão técnica.

Os números negativos estão sendo divulgados diante de pressões para o banco central japonês, o Bank of Japan (BoJ) abandonar sua política de juros nominais negativos diante de dados de inflação que vêm rodando acima do histórico recente.

Contração no Reino Unido

O cenário, porém, não é muito melhor na Europa. Embora a Zona do Euro tenha conseguido evitar a contração econômica no último trimestre de 2023, o mesmo não pode ser dito do Reino Unido. Dados divulgados nesta madrugada revelaram que o PIB britânico caiu 0,3% no quarto trimestre. A expectativa era de uma queda mais branda, de 0,1%.

Apensar dos números negativos, economistas do banco europeu ING esperam por uma breve melhora da economia britânica. "As perspectivas macroeconômicas parecem mais otimistas. com resultados positivos no índice de gerente de compras de serviços (PMI), alta da confiança dos consumidores e o crescimento dos salários reais deverá permanecer positivo ao longo deste ano", disse James Smith, economista de mercados desenvolvidos.

Confira as últimas notícias de Invest:

Acompanhe tudo sobre:bolsas-de-valoresAçõesJapãoReino Unido

Mais de Invest

Resultado da Mega-Sena concurso 2716; prêmio é de R$ 2,5 milhões

Lucro da Tesla recua 48% no 1º tri, mas expectativa por carros mais acessíveis anima investidor

Na ‘guerra fria’ entre China e EUA, quem sai ganhando é o Brasil?

Receba dividendos em dólar: veja como aproveitar a alta do dólar com ações americanas

Mais na Exame