Invest

Ibovespa fecha em alta, à espera de dados de inflação nos EUA

Mercado repercute hoje Boletim Focus e investidores aguardam indicadores da economia americana

Ibovespa: Vale e Petrobras seguram bolsa nos 129 mil pontos (Germano Luders/Exame)

Ibovespa: Vale e Petrobras seguram bolsa nos 129 mil pontos (Germano Luders/Exame)

Publicado em 9 de abril de 2024 às 10h40.

Última atualização em 9 de abril de 2024 às 17h29.

O Ibovespa fechou o pregão desta terça-feira, 9, em alta, acompanhando o desempenho das bolsas internacionais. O principal índice acionário da B3 avançou 0,8%, aos 129.887 pontos.

Ibovespa hoje

  • IBOV: +0,80%, aos 129.887 pontos

O dia foi de cautela no exterior antes da divulgação de dados de inflação nos Estados Unidos. Investidores aguardam a divulgação do Índice de Preços ao Consumidor (CPI, na sigla em inglês), que pode indicar os próximos passos da política monetária americana. O S&P 500, indicador mais famoso dos EUA, subiu 0,14%.

Entre as principais ações brasileiras, o dia foi de queda de 0,7% para a Vale após alta de mais de 5% ontem. Mesmo com novo avanço do minério de ferro, a companhia não conseguiu manter a disparada da véspera e hoje passa por correção.

  • Vale (VALE3): - 0,67%

Na Petrobras, os papéis ficaram voláteis ao longo do dia, mas fecharam em alta, estendendo os ganhos de ontem. A Petrobras (PETR4) subiu mais de 1% na véspera na expectativa de um possível anúncio de dividendos adicionais.

Para além dos proventos, há dúvidas sobre quem será o CEO da companhia. As preocupações começaram semana passada, com rumores da saída de Jean Paul Prates da estatal e possibilidade de Aloizio Mercadante, presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES), assumir o cargo.

  • Petrobras (PETR4): + 0,26%
  • Petrobras (PETR3): + 0,51%

O mercado também repercutiu o Boletim Focus, divulgado nesta manhã. Os analistas do Banco Central (BC) elevaram a expectativa para o Produto Interno Bruto (PIB) pela 8ª semana seguida, para 1,90%. A inflação para 2024 também subiu, de 3,75% para 3,76%. Já as expectativas para o câmbio e Selic se mantiveram no mesmo patamar do boletim anterior: 9% (2024), 8,50% (2025), 8,50% (2026).

Acompanhe tudo sobre:IbovespaAçõesbolsas-de-valores

Mais de Invest

Veja o resultado da Mega-Sena, concurso 2726; prêmio é de R$ 30 mi

Devedores têm último fim de semana para aderir ao Desenrola Brasil

Para acelerar atendimento a benefícios sociais, Caixa abre 17 agências no RS no sábado e domingo

Sem ‘abocanhada’ do leão: analista recomenda 4 ativos de renda fixa que pagam até IPCA + 7,1%

Mais na Exame