Live icon 

ELEIÇÕES 2022:  

Lula e Bolsonaro vão disputar o segundo turno Veja agora.

Grupo Soma, dono da Farm e Animale, movimenta R$1,82 bilhão em IPO

A operação da companhia captou 1,35 bilhão de reais na oferta primária, ações novas, cujos recursos irão para o caixa
A empresa pretende usar os recursos para abrir mais lojas e comprar mais marcas, além de pagar dividendos e dívidas (Divulgação/Divulgação)
A empresa pretende usar os recursos para abrir mais lojas e comprar mais marcas, além de pagar dividendos e dívidas (Divulgação/Divulgação)
R
Reuters

Publicado em 30/07/2020 às 07:35.

Última atualização em 30/07/2020 às 10:14.

A Grupo de Moda Soma movimentou 1,823 bilhão de reais em sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), após a operação ter sido precificada nesta quarta-feira no centro da faixa estimada pelos coordenadores.

A operação da companhia, que se apresenta como a maior plataforma de moda do país, captou 1,35 bilhão de reais na oferta primária, ações novas, cujos recursos irão para o caixa.

A empresa pretende usar esse dinheiro para abrir mais lojas e comprar mais marcas, além de pagar dividendos e dívidas.

A oferta secundária do Grupo Soma, dono das marcas Animale, Farm, Cris Barros e A.Brand, para público feminino; Fábula, para crianças; e Foxton, para homens, movimentou 472,5 milhões de reais, com quase 40 vendedores, segundo o prospecto preliminar.

Itaú BBA, JPMorgan, Bank of America e XP Investimentos coordenaram a operação. A oferta saiu a 9,90 reais por ação, no centro da faixa indicativa de preço de 8,80 a 11 reais.

A empresa deve estrear no pregão da BM&FBovespa B3 na sexta-feira (31), negociada sob o ticker GSOM3.