Examinando a Bolsa: por que bancos estão otimistas com Vale após acordo de R$ 37,7 bi

Programa diário da EXAME Invest, que vai ao ar às 13h45 no IGTV, traz ainda entre os destaques precificação do IPO da CSN Mineração e balanços para ficar de olho na próxima semana
 (Washington Alves/Reuters)
(Washington Alves/Reuters)
Paula Barra
Paula Barra

Publicado em 05/02/2021 às 15:02.

Última atualização em 05/02/2021 às 15:04.

Examinando a Bolsa — programa diário da EXAME Invest com os destaques da primeira metade do pregão — desta sexta-feira, 5, apresentou os seguintes destaques:

1) O tão aguardado acordo da Vale (VALE3) por Brumadinho saiu do papel ontem no valor de R$37,7 bilhões: mas o que isso significa para as ações da empresa? Entenda por que bancos reforçaram otimismo com a mineradora após o anúncio.

2) Entre os destaques deste pregão, duas estreias na B3: Mosaico (MOSI3) dispara 77% em seu primeiro dia de negociação e Mobly (MBLY3) salta mais de 20%.

3) No radar da próxima semana, precificação do IPO da CSN Mineração -- um dos mais aguardados desta safra de 2021 -- e balanços de pesos do 4º trimestre, como Banco do Brasil (BBAS3), Suzano (SUZB3), Lojas Renner (LREN3) e Usiminas (USIM5).

Conheça o maior banco de investimentos da América Latina e invista com os melhores assessores