Acompanhe:

brMalls: Dia D com decisão sobre oferta da Aliansce e eleição do conselho

Conselho de administração deve passar por renovação, capitaneada por Squadra e Aliansce e movida por interesse em fusão

Modo escuro

Continua após a publicidade
Shopping da brMalls: proposta da Aliansce avaliou empresa em R$ 8,25 bilhões (Divulgação/Divulgação)

Shopping da brMalls: proposta da Aliansce avaliou empresa em R$ 8,25 bilhões (Divulgação/Divulgação)

G
Graziella Valenti

Publicado em 29 de abril de 2022 às, 06h26.

Última atualização em 29 de abril de 2022 às, 08h52.

Essa sexta-feira, 29, é dia de muitas emoções para os investidores da companhia de shoppings brMalls. O dia começa com a maior expectativa de todas: a decisão do conselho de administração da companhia a respeito da proposta de combinação com a Aliansce Sonae. A transação avalia a companhia em aproximadamente R$ 8,25 bilhões: R$ 1,25 bilhão mais 55,2% da empresa resultante dessa união.

Na bolsa, pelo fechamento de ontem (28), a brMalls vale R$ 7,8 bilhões e a Aliansce, R$ 5,6 bilhões.

A reunião do colegiado sobre o assunto avançou noite adentro. Já estava decidido previamente que a proposta será levada aos acionistas da brMalls para decidirem em uma assembleia a ser convocada. A questão aqui é ver se o conselho recomendará ou não o negócio para seus acionistas. Tudo indicava que a resposta será “sim, recomenda”, mas sem unanimidade.

Só que o dia não acaba com esse comunicado – esperado para ser publicado até as 9h59, antes do início do pregão às 10 horas. Na parte da tarde, será a instalada a assembleia geral ordinária (AGO), que define o conselho de administração para o próximo mandato.

A expectativa é que haverá uma mudança importante frente à composição atual, capitaneada pela Squadra e pela Aliansce Sonae. Ambas são as maiores acionistas, atualmente, da brMalls, que é ‘true corporation’, ou seja, uma companhia com capital realmente disperso em bolsa. Cada qual tem cerca de 10% do capital total.

A gestora de Paulo Aché solicitou que a eleição se dê por voto múltiplo e indicou dois nomes para o colegiado. A Aliansce deve votar com um poder equivalente a 4,99% e levará para o pleito ao menos um nome, o do economista e ex-ministro Milton Seligman. Somente nessa conta, já são três posição, das sete totais para o conselho. Mas mais surpresas podem ocorrer.

O atual colegiado havia recomendado uma chapa com sete candidatos, com a recondução de cinco dos atuais sete membros.

Últimas Notícias

Ver mais
Família dona do Walmart vende US$ 1,5 bilhão em ações após papéis tocarem máxima histórica
seloMercados

Família dona do Walmart vende US$ 1,5 bilhão em ações após papéis tocarem máxima histórica

Há 4 horas

Ações do Zoom disparam 13% com resultado acima das expectativas
seloMercados

Ações do Zoom disparam 13% com resultado acima das expectativas

Há 4 horas

Donas da Ozempic e Mounjaro dobram de tamanho em um ano e superam valor de todo o mercado brasileiro
seloMercados

Donas da Ozempic e Mounjaro dobram de tamanho em um ano e superam valor de todo o mercado brasileiro

Há 18 horas

BCE pode ter razões para cortar juros antes do Fed pela primeira vez, diz Gavekal
seloMercados

BCE pode ter razões para cortar juros antes do Fed pela primeira vez, diz Gavekal

Há 20 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais