• AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 13,98 -1.13
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 18,92 -0.94
  • ALUP11 R$ 26,83 0.86
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 29,84 -2.29
  • AMER3 R$ 23,45 1.56
  • AMZO34 R$ 66,86 -0.09
  • ANIM3 R$ 5,36 -2.72
  • ARZZ3 R$ 81,01 -0.23
  • ASAI3 R$ 15,95 3.24
  • AZUL4 R$ 20,93 -1.46
  • B3SA3 R$ 12,13 2.71
  • BBAS3 R$ 37,15 4.06
  • AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 13,98 -1.13
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 18,92 -0.94
  • ALUP11 R$ 26,83 0.86
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 29,84 -2.29
  • AMER3 R$ 23,45 1.56
  • AMZO34 R$ 66,86 -0.09
  • ANIM3 R$ 5,36 -2.72
  • ARZZ3 R$ 81,01 -0.23
  • ASAI3 R$ 15,95 3.24
  • AZUL4 R$ 20,93 -1.46
  • B3SA3 R$ 12,13 2.71
  • BBAS3 R$ 37,15 4.06
Abra sua conta no BTG

brMalls: Squadra e Aliansce vão renovar parte relevante do conselho

No mínimo, três dos sete membros da chapa indicada não serão eleitos, mas mudança pode ser ainda maior
Shopping Villa Lobos da brMalls: conselho atual decide hoje até o fim do dia sobre fusão (Divulgação/brMalls)
Shopping Villa Lobos da brMalls: conselho atual decide hoje até o fim do dia sobre fusão (Divulgação/brMalls)
Por Graziella ValentiPublicado em 28/04/2022 12:44 | Última atualização em 28/04/2022 12:57Tempo de Leitura: 3 min de leitura

A assembleia de acionistas da brMalls de amanhã vai trazer muita novidade. O conselho de administração da companhia, bem no meio da discussão sobre combinação de negócios com a Aliansce, vai passar por uma mudança de composição liderada, até o momento, pela gestora Squadra e pela própria Aliansce. Cada qual tem 10% do capital da empresa, só que o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) limitou o voto da Aliansce à metade do que possui: 4,99% do capital.

A Squadra solicitou que a votação da assembleia seja feita pelo sistema de voto múltiplo e indicou dois nomes: um dos gestores da casa, João Vianna, e Vitor José Azevedo Marques, da consultoria Viságio. A Aliansce tem pelo menos um nome já escolhido: o ex-ministro Milton Seligman, que também foi executivo na Ambev. Pode ser que um novo nome ainda seja apresentado.

Inscreva-se no EXAME IN e saiba hoje o que será notícia amanhã. Cadastre-se aqui e receba no e-mail os alertas de notícias e das entrevistas quinzenais do talk show.

Formalmente, a Squadra já fez a solicitação à brMalls, de inclusão dos nomes, mas a Aliansce ainda não. Com voto múltiplo, é possível inclusive apresentar sugestão de membros na própria assembleia, prevista para começar às 14 horas.

Resta saber qual o tamanho da mudança. Aqui cabe lembrar que a brMalls deve seguir como companhia independente, ainda que a fusão com a Aliansce seja aprovada, por um período relevante, já será necessária aprovação do Cade. Por isso, a administração da empresa está preocupada que ao menos parte continue na formação. O conselho atual tem sete membros. A chapa apresentada pela empresa para a assembleia mantém cinco dos atuais nomes.

Fusão

O atual conselho de administração precisa comunicar até o fim desta quinta-feira sua decisão a respeito da proposta de combinação com a Aliansce. Já está definido que será feita a convocação da assembleia para votar a fusão, nas condições até o momento definidas: R$ 1,25 bilhão em dinheiro e uma união na qual a base atual de acionistas de brMalls representará 55,2% da companhia resultante.

Apesar de o conselho da brMalls ter sofrido críticas durante o processo, é preciso registrar que essa atual condição é 18% maior do que a primeira oferta, feita em janeiro. Há grande expectativa que o colegiado recomende a transação (mas ninguém fala em unanimidade até o momento), o que facilitaria o processo em especial porque os estrangeiros são influenciados pelas recomendações de voto feitas pela assessoria americana ISS — e a tradição é sugerir aprovação de transações nas quais que o conselho da empresa dá o seu aval.

 

De 1 a 5, qual sua experiência de leitura na exame?
Sendo 1 a nota mais baixa e 5 a nota mais alta.

Seu feedback é muito importante para construir uma EXAME cada vez melhor.

Veja Também