Após falência, B3 suspende negociações com ações da MMX a partir de hoje

Ontem, a Justiça do Rio de Janeiro decretou a falência da empresa
Mineradora do empresário Eike Batista teve falência decretada pela Justiça ontem | Foto: Wilson Dias/Agência Brasil (Wilson Dias/Agência Brasil)
Mineradora do empresário Eike Batista teve falência decretada pela Justiça ontem | Foto: Wilson Dias/Agência Brasil (Wilson Dias/Agência Brasil)
Por Paula BarraPublicado em 20/05/2021 14:55 | Última atualização em 20/05/2021 15:13Tempo de Leitura: 1 min de leitura

A B3 suspendeu as negociações com as ações da MMX (MMXM3; MMXM11) a partir desta quinta-feira, 20.

Em comunicado enviado ao mercado nesta tarde, a MMX informa que a suspensão decorre da decisão ontem da Justiça do Rio de Janeiro, que decretou falência da MMX Mineração e Metálicos e MMX Corumbá Mineração. As empresas, que estavam em recuperação judicial, têm dívidas estimadas de cerca de 670 milhões de reais.

Com a notícia, os papéis da companhia afundaram 30% no pregão de quarta-feira. Hoje, por determinação da Bolsa, as ações não foram negociadas.

Saiba como encontrar as melhores oportunidades da bolsa com a ajuda da EXAME Invest Pro

A MMX, fundada por Eike Batista, disse que está trabalhando para apresentar recurso com o intuito de suspender liminarmente os efeitos da decisão da Justiça, de forma a possibilitar a retomada das negociações e viabilizar sua recuperação judicial.