Invest

Ações da Nintendo caem 6% com possível adiamento de Switch 2 para 2025

Companhia japonesa teria avisado parceiros para não contar com o lançamento do novo videogame antes de março do ano que vem

Mario Bros: personagem mais famoso da Nintendo (AaronP/Bauer-Griffin/Getty Images)

Mario Bros: personagem mais famoso da Nintendo (AaronP/Bauer-Griffin/Getty Images)

Guilherme Guilherme
Guilherme Guilherme

Repórter de Invest

Publicado em 19 de fevereiro de 2024 às 11h52.

Última atualização em 19 de fevereiro de 2024 às 11h55.

As ações da Nintendo caíram 5,84% na bolsa de Tóquio no pregão desta segunda-feira, 19, com rumores de que o lançamento do console Switch 2 ficará para 2025. Na mínima desta madrugada, as ações da Nintendo chegaram a registrar 8,8% de queda. O adiamento foi noticiado por pelo menos três veículos que tiveram acesso a pessoas de dentro das operações da empresa japonesa. Entre eles, a Bloomberg e o jornalista brasileiro Pedro Henrique Lutti Lippe, do podcast O X do Controle.

O adiamento teria o objetivo de alinhar o lançamento do console com o de jogos exclusivos para a plataforma. A Nintendo tradicionalmente lança seus consoles em períodos diferentes que o de seus concorrentes Sony e Microsoft, que lançaram a primeira versão de seus últimos modelos em 2020. Já a Nintendo lançou o Switch, seu videogame mais novo, em 2017.

O lançamento do novo Switch era esperado para o último trimestre deste ano, mas deverá ficar para os primeiros meses d2 2025, de acordo com fontes da Bloomberg, Segundo a publicação, alguns parceiros da Nintendo foram aconselhados a não contar com o Switch 2, pelo menos, até março do ano que vem.

Bom desempenho

Apesar da queda, as ações da Nintendo vêm apresentando um bom desempenho recente. Os papéis acumularam cerca de 170% de valorização nos últimos cinco anos, sendo que, em 12 meses, estão com mais de 50% de alta.

Parte da valorização da companhia, avaliada em US$ 72 bilhões, se deve justamente ao sucesso de vendas do Switch. Desde seu lançamento, já foram vendidos cerca de 154 milhões de consoles, que o coloca como o segundo modelo mais vendido da história -- atrás apenas do Playstation 2. As vendas líquidas da Nintendo terminaram os nove meses findos em dezembro com alta de 7,7% nas vendas líquidas para US$ 9,3 bilhões.

Acompanhe tudo sobre:NintendoAções

Mais de Invest

Mega-Sena sorteia nesta terça-feira prêmio estimado em R$ 3,5 milhões

Mega-Sena acumulada: quanto rendem R$ 55 milhões na poupança

Spotify revela lucro trimestral recorde em meio a ano ruim

Lucro da Usiminas (USIM5) encolhe 93% no 1º trimestre e ação cai 9%

Mais na Exame