Inteligência Artificial

OpenAI divulga emails em que Musk tenta incorporar empresa à Tesla

Bilionário moveu processo contra a empresa na semana passada alegando que ela não criou uma IA "responsável"

No começo da OpenAI, Musk foi um dos investidores do negócio (Chesnot/Getty Images)

No começo da OpenAI, Musk foi um dos investidores do negócio (Chesnot/Getty Images)

Publicado em 6 de março de 2024 às 06h26.

A confusão envolvendo a OpenAI, dona do ChatGPT, e Elon Musk parece que está longe de acabar.

Nesta terça, a empresa respondeu em uma postagem à ação judicial movida contra ela pelo bilionário sul-africano. O dono da Tesla moveu um processo na semana passada contra a OpenAI, o CEO Sam Altman e o presidente Greg Brockman, alegando que a startup havia se desviado de sua missão de criar inteligência artificial responsável e que havia se tornado submissa à Microsoft, seu maior investidor. Na postagem, a OpenAI disse que Musk estava atacando depois de tentar e falhar em tornar a empresa parte da marca de veículos elétricos.

No texto, a companhia diz que Musk assinou a decisão da empresa de se tornar uma entidade com fins lucrativos e que ele insistiu que ela precisava levantar "bilhões" de dólares para ser relevante em comparação com o Google. As informações são da Bloomberg.

"Estamos tristes por termos chegado a esse ponto com alguém que admiramos profundamente - alguém que nos inspirou a almejar mais alto, depois nos disse que fracassaríamos, fundou um concorrente e depois nos processou quando começamos a fazer progressos significativos em direção à missão da OpenAI sem ele", disse a empresa no post.

Na postagem do blog, os cofundadores da OpenAI disseram que Musk nem sempre se opôs à influência corporativa na OpenAI. Eles disseram que o bilionário havia escrito em um e-mail: "A Tesla é o único caminho que poderia ter a esperança de se equiparar ao Google. Mesmo assim, a probabilidade de ser um contrapeso ao Google é pequena. Mas não é zero".

A publicação também reproduziu e-mails em que Musk havia enviado a pessoas da empresa, demonstrando que o bilionário endossou os esforços de captação de recursos da OpenAI. "Isso precisa de bilhões por ano imediatamente ou esqueça", escreveu Musk em um e-mail, de acordo com a OpenAI.

A OpenAI, como uma organização sem fins lucrativos, arrecadou menos de US$ 45 milhões de Musk e mais de US$ 90 milhões de outros doadores, de acordo com a publicação da startup.

No início, Altman e Brockman planejavam arrecadar US$ 100 milhões. "Precisamos de um número muito maior do que US$ 100 milhões para não parecer desesperador em relação ao que o Google ou o Facebook estão gastando", segundo resposta de Musk citada no post.

O dono da SpaceX também concordou com a ideia de que a OpenAI não criaria software de código aberto para inteligência artificial geral e que nem sempre compartilharia a ciência por trás de seus avanços tecnológicos, de acordo com a startup.

Acompanhe tudo sobre:OpenAIelon-muskInteligência artificial

Mais de Inteligência Artificial

Ele foi estagiário de Steve Jobs nos anos 1980 — e se tornou CEO de empresa de IA

Reddit anuncia parceria de conteúdo com a OpenAI e ações sobem 15%

Ilya Sutskever, cofundador da OpenAI (ChatGPT), anuncia saída da empresa

Google anuncia ferramentas de criação para vídeos, imagens e música

Mais na Exame