Inteligência Artificial

O boom dos cursos de IA: matrículas no Brasil crescem mais de 1000%

Relatório de Habilidades Globais 2024 destaca avanço brasileiro em TI e ciência de dados

Dados da Bain & Company mostram que 85% das empresas já consideram que implementar a inteligência artificial é a prioridade para os próximos anos.  (pixdeluxe/iStockphoto)

Dados da Bain & Company mostram que 85% das empresas já consideram que implementar a inteligência artificial é a prioridade para os próximos anos. (pixdeluxe/iStockphoto)

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 26 de junho de 2024 às 14h02.

O Relatório de Habilidades Globais 2024, divulgado pela Coursera nesta quarta-feira (26/06), coloca o Brasil como o país mais qualificado para cursos de Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) na América Latina e no Caribe.

O estudo também posiciona o país entre os 20 primeiros globalmente em termos de proficiência geral em competências, evidenciando a preparação dos alunos brasileiros frente à disrupção digital.

Os estudantes brasileiros registraram um crescimento significativo de 1.079% nas matrículas em cursos de Inteligência Artificial (IA) generativa na plataforma Coursera. Entre os cursos mais populares estão "Engenharia de Prompt para ChatGPT" (Vanderbilt University), "Introdução à IA Generativa" (Google Cloud), "IA Generativa com Modelos de Linguagem Grandes" (AWS e DeepLearning.AI), e "IA Generativa para Todos" (DeepLearning.AI).

O relatório destaca que o Brasil obteve a maior pontuação em Ciência de Dados na América Latina e Caribe, além de alcançar a décima sétima posição global nessa área. Cursos como "Fundamentos do Google: Dados, Dados em Todos os Lugares", "Fundamentos do Suporte Técnico" e "Fundamentos do Design da Experiência do Usuário (UX)" estão entre os mais realizados por alunos brasileiros este ano.

Com uma demanda crescente por profissionais em carreiras como engenheiro de segurança em nuvem e engenheiro de aprendizado de máquina, cerca de 70% dos empregadores relatam dificuldades de contratação devido à lacuna de competências.

As iniciativas de melhoria de habilidades são cruciais para suprir essa demanda e alinhar a força de trabalho brasileira às necessidades do mercado de trabalho futuro.

O relatório anual da Coursera é baseado em dados de mais de 148 milhões de alunos e 7 mil parceiros institucionais, identificando tendências regionais e nacionais em competências e oportunidades. No Brasil, os estudantes estão focados em adquirir uma combinação essencial de habilidades digitais e humanas, incluindo Colaboração, Adaptabilidade, Design Gráfico, Negociação, Análise de Pessoas e Linguagens de Programação.

Acompanhe tudo sobre:Inteligência artificialCursos

Mais de Inteligência Artificial

Zuckerberg lança Llama 3.1 de graça; inteligência artificial é tida como uma das mais poderosas

General Motors reinicia operações de táxis autônomos da Cruise em três cidades dos EUA

Cohere, rival canadense da OpenAI, levanta US$ 500 milhões e atinge valorização de US$ 5,5 bilhões

Nvidia desenvolve chip antiembargo para China e em conformidade com controles de exportação dos EUA

Mais na Exame