Future of Money

Sony anuncia testes de nova stablecoin própria no blockchain Polygon

Instituição financeira controlada pela Sony Corporation pretende explorar potencial das criptomoedas pareadas a outros ativos

Sony quer testar potencial de criptomoeda pareada a outra moeda (Toru Hanai/Reuters)

Sony quer testar potencial de criptomoeda pareada a outra moeda (Toru Hanai/Reuters)

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 5 de abril de 2024 às 16h55.

Última atualização em 5 de abril de 2024 às 17h06.

O Sony Bank, braço financeiro da Sony Corporation, pretende iniciar uma série de testes para a criação de uma stablecoin pareada ao iene, a moeda do Japão, e que será hospedada no blockchain Polygon. A informação foi divulgada na última quinta-feira, 4, pelo jornal japonês Nikkei, que deu mais detalhes sobre os planos do banco.

De acordo com a Nikkei, o interesse do Sony Bank nas stablecoins surgiu devido à percepção de vantagens ao usar essas moedas digitais, em especial para a redução de taxas em operações e pagamentos. Agora, o banco buscará entender a dinâmica de operação do ativo.

  • Uma nova era da economia digital está acontecendo bem diante dos seus olhos. Não perca tempo nem fique para trás: abra sua conta na Mynt e invista com o apoio de especialistas e com curadoria dos melhores criptoativos para você investir.  

A ideia é testar uma stablecoin que será pareada à moeda japonesa, ou seja, 1 unidade dela será equivalente a 1 iene. Além dos efeitos do uso de criptomoedas nas taxas, o banco buscará explorar possíveis questões legais que possam surgir na realização dessas operações, se antecipando ao tema.

Ainda não se sabe quando os testes do Sony Bank vão começar ou qual a duração, mas o banco já definiu que vai criar a sua stablecoin de testes no blockchain Polygon, um dos mais conhecidos do mercado e que tem sido usado principalmente em ações de tokenização e criação de tokens não fungíveis (NFTs, na sigla em inglês).

Os testes fazem parte de um movimento de aproximação com o mundo da Web3 em andamento no Sony Group. Recentemente, a divisão de jogos da empresa entrou com um pedido de patente para a adoção de NFTs em alguns de seus jogos, indicando que pretende explorar esse caso de uso.

Em junho de 2023, a Sony também anunciou investimento de US$ 3,5 milhões na Startale Labs, uma startup, para "trabalhar para estabelecer a infraestrutura necessária para dar suporte à adoção global da Web3".

A Startale Labs é uma startup sediada em Singapura e que tem como foco o desenvolvimento da infraestrutura necessária para o funcionamento e expansão da Web3, que é considerada a próxima geração da internet e tem se desenvolvido cada vez mais nos últimos anos.

A companhia afirma que busca "construir produtos inovadores para permitir a ampla adoção de tecnologias Web3", criando ferramentas e a estrutura necessária para que esses projetos também tenham um alcance maior junto ao público e possam se expandir a nível global.

Acompanhe tudo sobre:SonyCriptomoedasCriptoativosBlockchain

Mais de Future of Money

Ethereum bate recorde do ano frente ao real e atinge a cotação de R$ 20,6 mil após aprovação de ETFs

Criptomoedas meme ligadas a Donald Trump disparam até 150% após político defender setor

Argentina faz reunião com autoridades de El Salvador sobre adoção de criptomoedas

Anbima propõe novas regras para fundos investirem em criptomoedas

Mais na Exame