Exame logo 55 anos
Remy Sharp
Acompanhe:

Open Finance entra em quarta fase após chegar a 27 milhões de clientes

Iniciativa do Banco Central voltada para o compartilhamento de dados entre instituições financeiras foi lançado para a população em 2022

Modo escuro

Continua após a publicidade
Digital Futuristic abstract background, data visualization, and  Visual information complexity concept,  3D motion Graphic design of decentralized finance and blockchain concept, blockchain and cryptocurrency Concept, Digital design for Business finance investment and technology advertising, Quantum Computer concept (Getty Images/Reprodução)

Digital Futuristic abstract background, data visualization, and Visual information complexity concept, 3D motion Graphic design of decentralized finance and blockchain concept, blockchain and cryptocurrency Concept, Digital design for Business finance investment and technology advertising, Quantum Computer concept (Getty Images/Reprodução)

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) anunciou nesta quarta-feira, 4, que o Open Finance entrou oficialmente na sua quarta fase de implementação pelas instituições financeiras do Brasil. Ao mesmo tempo, o projeto chegou à marca de 27 milhões de clientes.

Segundo a federação, a quarta fase da iniciativa de compartilhamento de dados entre instituições financeiras permitirá que os clientes autorizem "instituições, em que o cliente ainda não tem relacionamento, a ter acesso a investimentos na sua instituição financeira, como CDB, Tesouro Direto, fundos de investimento e ações".

"A partir daí, os participantes poderão ofertar melhores condições e retornos financeiros para o consumidor. A partir do ano que vem, a 4ª fase prevê o compartilhamento de dados sobre câmbio, credenciamento (abrir informações das maquininhas de cartões), seguro, previdência e capitalização", explica a Febraban.

Carolina Sansão, que é diretora adjunta de Inovação, Tecnologia e Cibersegurança da Febraban, destacou que a quarta fase do Open Finance e outras iniciativas que ainda serão anunciadas vão "gerar competitividade no mercado, novas oportunidades de negócio para os participantes e melhores serviços e produtos para nossos clientes".

"O Open Finance, que está em constante evolução, vai ganhando tração à medida em que o cliente veja vantagens em usá-lo", avaliou.  Ela ressaltou ainda a atuação do Banco Central, que lançou o projeto em 2022 e tem acompanhado " bem de perto as iniciativas e tem tido um papel muito ativo na garantia da evolução do ecossistema e no endereçamento de desafios técnicos".

Fases anteriores do Open Finance

Antes de ser rebatizado em 2022, o Open Finance se chamava Open Banking, iniciado em 2021 mas ainda com um escopo e objetivos menores que os atuais. A primeira fase envolveu o compartilhamento de informações sobre os canais de atendimento entre os bancos, incluindo incluindo características de produtos e serviços oferecidos.

Já na segunda fase, as instituições começaram a trocar informações de cadastro dos clientes, incluindo endereço, renda e dados pessoais, assim como dados de contas referentes a movimentações e operações de empréstimos e com cartões de crédito.

Na terceira fase, os clientes ganharam a opção de iniciar pagamentos de contas e transferências bancárias sem usar o internet banking ou o aplicativo de cada banco, graças ao uso de aplicativos intermediários.

"O trabalho realizado até o momento está dentro do esperado pelos bancos, dada a complexidade do projeto, que passou por ajustes em seu calendário, necessários dentro de uma infraestrutura dessa magnitude e em execuções dessa dimensão", observa Carolina Sansão. A expectativa, agora, é que a quarta fase traga "mais complexidade" ao projeto.

  • Uma nova era da economia digital está acontecendo bem diante dos seus olhos. Não perca tempo nem fique para trás: abra sua conta na Mynt e invista com o apoio de especialistas e com curadoria dos melhores criptoativos para você investir.  

Avanço no Brasil

A participação no compartilhamento de dados do Open Finance ocorre apenas após o consentimento de cada instituição financeira participante. Na avaliação da Febraban, os bancos têm conseguido superar resistências iniciais ao compartilhamento, o que se reflete nos números: no momento, são 40 milhões de consentimentos ativos.

Apenas entre janeiro e setembro desse ano, o número de clientes do Open Finance aumentou 93%, enquanto os consentimentos ativos cresceram 90%. A projeção atual da Febraban, baseada em um estudo da consultoria Oliver Wyman, é que o Brasil deve chegar a 60 milhões e usuários até 2025.

No momento, o projeto conta com mais de 800 instituições financeiras cadastradas como participantes, incluindo bancos, cooperativas de crédito, fintechs e instituições iniciadores de transações de pagamentos.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
60 dias para o halving: após altas gigantes nos anteriores, o que esperar desta vez?

Future of Money

60 dias para o halving: após altas gigantes nos anteriores, o que esperar desta vez?

Há um dia

Vai subir: de US$ 80 mil a US$ 1 milhão, confira as previsões para o bitcoin em 2024

Future of Money

Vai subir: de US$ 80 mil a US$ 1 milhão, confira as previsões para o bitcoin em 2024

Há um dia

Ransomware: "sequestro virtual" gera lucro recorde de US$ 1 bilhão em cripto para hackers

Future of Money

Ransomware: "sequestro virtual" gera lucro recorde de US$ 1 bilhão em cripto para hackers

Há um dia

AOL de cripto? Especialistas avaliam se Ethereum pode seguir gigante símbolo da bolha pontocom

Future of Money

AOL de cripto? Especialistas avaliam se Ethereum pode seguir gigante símbolo da bolha pontocom

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

A regulamentação de cigarros eletrônicos pode trazer mais segurança para o consumidor?

A regulamentação de cigarros eletrônicos pode trazer mais segurança para o consumidor?

Escritórios Verdes, da JBS, regularizam 8 mil fazendas
EXAME Agro

Escritórios Verdes, da JBS, regularizam 8 mil fazendas

“Deixei o mundo corporativo para empreender com a Herbalife”

“Deixei o mundo corporativo para empreender com a Herbalife”

Loja pop-up da Lacoste em Trancoso conecta a marca com o verão brasileiro

Loja pop-up da Lacoste em Trancoso conecta a marca com o verão brasileiro

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais