Future of Money

Gisele Bündchen e Tom Brady perderam R$ 233 milhões com queda da FTX, diz jornal

Perda financeira vem de pagamento em ações que o ex-casal recebeu por propaganda da corretora falida; ambos também enfrentam processo bilionário envolvendo o caso

 (Carlo Allegri/Reuters)

(Carlo Allegri/Reuters)

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 10 de julho de 2023 às 14h42.

Última atualização em 10 de julho de 2023 às 14h50.

A supermodelo brasileira Gisele Bündchen e o seu ex-marido, Tom Brady, perderam cerca de R$ 233 milhões com a falência da corretora cripto FTX em novembro do ano passado. O ex-casal ainda enfrenta um processo bilionário nos Estados Unidos pelas propagandas que realizaram para a FTX antes do colapso.

Segundo informações do The New York Times, Gisele Bündchen teria recebido US$ 18 milhões em ações da FTX, enquanto Tom Brady recebeu US$ 30 milhões. Além das propagandas realizadas, o astro do futebol americano virou embaixador da marca que representava a então terceira maior corretora de criptomoedas do mundo em valor de mercado.

  • O JEITO FÁCIL E SEGURO DE INVESTIR EM CRYPTO. Na Mynt você negocia em poucos cliques e com a segurança de uma empresa BTG Pactual. Compre as maiores cryptos do mundo em minutos direto pelo app. Clique aqui para abrir sua conta gratuita.

Gisele estrelou, inclusive, um comercial da FTX durante o intervalo do SuperBowl em 2021, a final do campeonato da NFL nos Estados Unidos e um dos horários mais caros para publicidade.

No entanto, o pagamento feito em ações da empresa para o ex-casal virou pó quando a FTX se envolveu um escândalo com o uso do dinheiro de clientes para investimentos arriscados, alavancagem e benefício próprio de seus executivos, como a compra de mansões nas Bahamas.

Dessa forma, Gisele e Brady acumulam a perda de aproximadamente R$ 233 milhões, na cotação atual do dólar. O valor não inclui, ainda o pagamento de impostos que o ex-casal teve que pagar sobre as ações recebidas.

Processo bilionário

Brady e Gisele já enfrentam um processo bilionário nos Estados Unidos por conta das propagandas que realizaram para a FTX. Os dois estão entre outras celebridades mencionadas no processo comandado por David Boies, um dos advogados mais famosos dos EUA.

Segundo Boies, ainda não foram especificadas quantias que podem ser cobradas de Brady, Gisele, Shaquille O’Neal, Stephen Curry e outras celebridades, mas que o valor pode chegar à casa dos bilhões de dólares.

O caso ainda tramita no tribunal de Miami, na Flórida. As celebridades são acusadas de auxiliar a FTX a vender valores mobiliários não registrados e induzir as pessoas a entrar em um esquema de pirâmide financeira.

Em uma entrevista à Vanity Fair, Gisele Bündchen disse que foi "pega de surpresa" pela falência da corretora, que era a terceira maior do mundo em valor de mercado.

O JEITO FÁCIL E SEGURO DE INVESTIR EM CRYPTO. Na Mynt você negocia em poucos cliques e com a segurança de uma empresa BTG Pactual. Compre as maiores cryptos do mundo em minutos direto pelo app. Clique aqui para abrir sua conta gratuita.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok

Acompanhe tudo sobre:CriptomoedasCriptoativosGisele Bündchen

Mais de Future of Money

Chiliz muda blockchain após perda de espaço e queda de fan tokens

Liquidez no mercado de criptomoedas meme atinge maior nível da história

Milei diz que "não há problemas" para usar bitcoin em pagamentos na Argentina

Investidores do token do Coritiba recebem quase R$ 1 milhão após venda de jogador

Mais na Exame