Future of Money

Gestora entra com pedido para lançar 1º ETF de Solana na América do Norte

Empresa 3iQ enviou solicitação de lançamento de fundo negociado em bolsa inédito para o regulador do mercado do Canadá

Mercado especula sobre possível aprovação de ETFs de Solana (Reprodução/Reprodução)

Mercado especula sobre possível aprovação de ETFs de Solana (Reprodução/Reprodução)

Cointelegraph
Cointelegraph

Agência de notícias

Publicado em 21 de junho de 2024 às 11h18.

A gestora de ativos digitais 3iQ apresentou um pedido de listagem de um fundo negociado em bolsa (ETF, na sigla em inglês) de Solana na Bolsa de Valores de Toronto, a principal do Canadá. A possível aprovação do produto de investimento na criptomoeda sol seria a primeira do tipo na América do Norte.

Em uma publicação no X, antigo Twitter, a empresa explicou que enviou um "pedido preliminar para o The Solana Fund (QSOL) no Canadá em relação a uma oferta pública inicial". O pedido foi enviado às autoridades reguladoras de valores mobiliários de todas as províncias e territórios canadenses, com exceção do Quebec, que conta com outro regime regulatório.

Segundo o pedido, o ETF QSOL ofereceria “exposição à moeda digital sol” e aos “movimentos diários de preço do sol em dólares americanos”. Os detentores de participações no fundo também poderiam acumular juros de rendimento passivo a partir da prática de staking de sol, com um rendimento estimado em torno de 6% a 8%.

A gestora definiu as empresas Coinbase e Tetra Trust como as custodiantes do ETF de Solana, sendo responsáveis por armazenar as unidades de sol que seriam compradas pelo fundo a partir dos investimentos recebidos. A 3iQ já conta com dois ETFs de criptomoedas no Canadá, um de bitcoin e outro de ether.

Dados do Yahoo Finance apontam que os dois fundos possuem, respectivamente, cera de US$ 233 milhões e US$ 38,7 milhões em ativos. Os reguladores de valores mobiliários canadenses aprovaram os primeiros ETFs de bitcoin do mundo, em fevereiro de 2021. Já os ETFs de ether foram aprovados e lançados dois meses depois.

“O Canadá teve ETFs de bitcoin e ether à vista antes dos Estados Unidos aprovarem até ETFs de futuros para qualquer um desses ativos”, observou James Seyffart, analista de ETFs da Bloomberg. Produtos de investimento em Solana negociados em bolsas somam mais de US$ 1 bilhão em fundos ao redor do mundo, segundo o analista.

A possível aprovação de ETFs de Solana nos Estados Unidos entrou no radar de investidores após a aprovação dos ETFs de ether em maio deste ano. A rede já foi elogiada por gestoras relevantes no mercado, como a Franklin Templeton, mas até agora nenhuma entrou com um pedido junto à SEC.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | TikTok

Acompanhe tudo sobre:CriptomoedasCriptoativosETFs

Mais de Future of Money

Putin diz que mineração de bitcoin pode gerar riscos energéticos para a Rússia

Governo elogia Drex, mas diz que Banco Central precisa ter "limites" no projeto

De matic para pol: Polygon vai mudar criptomoeda em atualização do blockchain

Bilionário Mark Cuban diz que bitcoin pode se tornar um ativo de reserva global

Mais na Exame