Fifa anuncia blockchain oficial da Copa e terá ações ligadas à tecnologia

Em parceria histórica, Fifa terá blockchain oficial com serviços e iniciativas já na Copa do Mundo do Catar em 2022 após fechar patrocínio e parceria técnica com Algorand
Apesar do Catar proibir o uso de criptomoedas, Copa do Mundo é assistida por bilhões (Mohamed Abd El Ghany/Reuters)
Apesar do Catar proibir o uso de criptomoedas, Copa do Mundo é assistida por bilhões (Mohamed Abd El Ghany/Reuters)
Por Mariana Maria SilvaPublicado em 03/05/2022 12:21 | Última atualização em 03/05/2022 12:47Tempo de Leitura: 3 min de leitura

A Algorand fechou uma parceria de extrema importância na última segunda-feira, 2. Ao patrocinar a Copa do Mundo Fifa, a rede blockchain se torna a primeira plataforma oficial da Federação Internacional de Futebol.

O acordo nomeia a Algorand como a apoiadora regional da Copa do Mundo de 2022 na América do Norte e na Europa, além de englobar o patrocínio da Copa do Mundo Feminina da Fifa que acontecerá na Austrália e na Nova Zelândia em 2023.

Não se trata apenas de um patrocínio comum, mas também uma parceria técnica. Isso significa que a Algorand ajudará a Fifa em sua “estratégia de ativos digitais” fornecendo uma “solução oficial de carteira digital” e trabalhará em conjunto com a federação no desenvolvimento de anúncios cujo objetivo é explicar a tecnologia blockchain e os NFTs para o público da Copa.

(Mynt/Divulgação)

O presidente da Fifa, Gianni Infantino, afirmou que a parceria é uma “indicação do compromisso da Fifa em buscar continuamente canais inovadores para o crescimento sustentável de sua receita”, acrescentando que está ansioso por uma “parceria longa e frutífera com a Algorand”.

A Copa do Mundo de futebol é um dos maiores eventos esportivos que já existiu, e por isso pode representar um investimento bastante frutífero para empresas. Apesar do Catar, país que irá sediar a edição do campeonato em 2022, proibir o uso de criptomoedas em seu território, o evento é assistido por bilhões de pessoas em todo o mundo e as datas de alguns jogos chegam até a virar feriado em países como o Brasil. A Copa de 2018, por exemplo, obteve um público de 3,2 bilhões de pessoas. O número representa cerca de metade da população mundial com mais de quatro anos.

“A Fifa anunciou que a Algorand vai se tornar o blockchain oficial da Fifa, empoderando a comunidade global de futebol com uma tecnologia sustentável e de ponta”, anunciou a conta oficial da Algorand no Twitter.

Desde o anúncio da Algorand, sua criptomoeda nativa, a Algo, disparou quase 20%. Embora seu preço tenha recuado nas últimas horas, a Algo ainda apresenta alta de 12% nas últimas 24 horas, de acordo com dados do CoinMarketCap. Apesar da parceria histórica, a Algorand não é a primeira empresa do mundo das criptomoedas a patrocinar o evento. Em março, a corretora Crypto.com também anunciou a sua parceria com a Copa do Mundo Fifa.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok