Future of Money

Corretora de criptomoedas pode estar na mira dos EUA: autoridades planejam ação judicial

Departamentos de Justiça e Tesouro dos Estados Unidos estariam planejando ação conjunta contra uma corretora de criptomoedas com a ajuda de representantes do FBI e outras instituições do governo

Corretora russa de cripto pode estar na mira dos EUA (the-lightwriter/Getty Images)

Corretora russa de cripto pode estar na mira dos EUA (the-lightwriter/Getty Images)

D
Da Redação

19 de janeiro de 2023, 09h28

Nesta quarta-feira, 18, o mercado de criptomoedas pode se envolver em mais uma polêmica judicial nos Estados Unidos. Segundo informações do site The Block, uma série de instituições do governo norte-americano estariam planejando anunciar uma ação conjunta contra uma corretora de criptomoedas ainda hoje.

A ação de execução teria o envolvimento dos Departamentos de Justiça e Tesouro dos EUA. Representantes do FBI, do Escritório de Controle de Ativos Estrangeiros (OFAC), da Rede de Execução de Crimes Financeiros (FinCEN) e do Distrito Leste de Nova York podem vir à público com a vice-procuradora-geral Lisa Monaco para divulgar a notícia, de acordo com informações divulgadas pelo The Block.

A combinação de agências sugere interesse criminal e civil. O OFAC, por exemplo, administra o regime de sanções dos EUA, enquanto o FinCEN coleta relatórios de instituições financeiras, monitorando transações suspeitas.

Poucas informações foram divulgadas sobre a corretora de criptomoedas em questão, mas especula-se que se trata da Bitzlato, sediada em Hong Kong e com fortes laços com a Rússia.

A melhor experiência e atendimento em português. Ninguém merece consultar o tradutor online enquanto tem problemas com o suporte, por isso, a Mynt tem atendimento humanizado 24 horas e em português. Abra sua conta e tenha uma experiência única ao investir em crypto.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok