Future of Money
Acompanhe:

Bitcoin pode estar se preparando para ciclo de alta, diz analista da Bloomberg

Estrategista sênior destaca que cenário macroeconômico global ainda segue desafiador, o que dificulta recuperação da criptomoeda

Bitcoin tem tido uma recuperação nos últimos dias (KTSDESIGN/SCIENCE PHOTO LIBRARY/Getty Images)

Bitcoin tem tido uma recuperação nos últimos dias (KTSDESIGN/SCIENCE PHOTO LIBRARY/Getty Images)

C
Cointelegraph Brasil

17 de janeiro de 2023, 10h48

O estrategista sênior de commodities da Bloomberg Mike McGlone acredita que o bitcoin pode estar formando um "fundo" semelhante ao que antecedeu o ciclo de alta de 2019, mas ressaltou que há uma diferença fundamental desta vez.

Durante uma entrevista com o podcaster de criptomoedas Scott Melker, McGlone argumentou que, ao contrário de 2018, quando instituições financeiras como Federal Reserve estavam reduzindo as taxas de juros, desta vez ele ainda está promovendo apertos monetários, junto com “todos os bancos centrais".

  • Até quando você vai deixar de investir em crypto? Abra sua conta na Mynt e explore novas formas de investir sem medo. Clique aqui para desbloquear seu mundo crypto.

“Naquela época, o Fed já começou a flexibilizar [os juros], mantivemos o fundo e quebramos mais altas e então tivemos esse problema em 2019”, explicou ele.

“No momento, eles estão apertando agressivamente, então você olha para este cenário e não pode ficar muito animado com nenhum mercado. Dê um tempo. [Quanto à] visão geral, sim, o bitcoin está realmente otimista”, acrescentou McGlone.

O analista também alertou que o bitcoin pode não alcançar o aumento que está sendo previsto ainda, pois há condições macroeconômicas desafiadoras e pressão para que os aumentos nas taxas de juros sejam mantidos.

Ele acredita que a bolsa de valores de Nasdaq provavelmente cairá abaixo de sua média móvel de 200 semanas, o que ele afirma ser outra indicação de que o mercado de alta da criptomoeda pode não acontecer em breve. “A liquidez ainda está sendo sugada e se o Nasdaq quebrar, tudo quebrar, o bitcoin também quebrará".

“Ainda acho que [o bitcoin] vai sair na frente, então para mim é onde estamos”, acrescentou. McGlone também disse que o mercado entrou em um ambiente “sem precedentes”, “onde estamos tendo sobressaltos no que entendemos sobre os mercados de baixa e o Fed apenas diz, desculpe, estamos levando o ponche embora, não vamos devolvê-lo para você".

“Ainda acho que estamos no meio da maior redefinição macroeconômica de nossas vidas, acabamos de ter um evento que ocorre de 100 anos em 100 anos com a pandemia, estamos tendo uma guerra histórica na Europa e uma mudança histórica na liderança política na China”, acrescentou.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok