Future of Money

Bitcoin é reserva de valor melhor que o ouro, que está ‘fora de moda’, aponta relatório

Tecnologia do bitcoin pode trazer vantagens para investidores em relação ao ouro como ativo de reserva de valor

 (Reprodução/Reprodução)

(Reprodução/Reprodução)

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 9 de outubro de 2023 às 18h30.

Um relatório recente da Matrixport comparou o ouro, clássico ativo utilizado como reserva de valor, ao bitcoin, classificado por muitos especialistas como o “ouro digital” que pode vir a substituir o minério escasso no futuro. De acordo com a Matrixport, o bitcoin pode ser ainda melhor.

Os analistas da empresa afirmaram em um relatório divulgado nesta segunda-feira, 9, que “a conexão entre o ouro e o bitcoin é óbvia e a demanda pelo bitcoin como reserva de valor digital foi um grande motivo pelo qual a criptomoeda cresceu em popularidade”.

O bitcoin já superou todos os outros ativos de investimento em performance, subindo 550 mil vezes em 13 anos. Ainda que esteja em queda de quase 60% desde sua máxima histórica em novembro de 2021, a criptomoeda, que é a maior do mundo em valor de mercado, acumula alta de quase 69% desde o início de 2023 até agora.

O relatório da Matrixport destacou que o valor de mercado do bitcoin ainda é o equivalente a 10,8% do valor de mercado do ouro. No entanto, características do bitcoin podem fazer com que o ativo digital ultrapasse o ouro na preferência de investidores no futuro.

Bitcoin é o "ouro digital"?

Muitos especialistas incluindo Larry Fink, CEO da BlackRock, a maior gestora do mundo com US$ 7,5 trilhões sob gestão, classificam que o bitcoin já é ou pode vir a ser o “ouro digital”. Isso porque o ativo digital possui características de escassez programada e é visto por muitos como uma reserva de valor.

Além disso, um outro argumento muito utilizado é o fato do bitcoin ter uma emissão máxima de 21 milhões de unidades, enquanto ainda é impossível saber quanto de ouro ainda há no mundo disponível para ser minerado.

Ouro está "fora de moda"

Os analistas da Matrixport, no entanto, pontuaram outras vantagens do bitcoin frente ao ouro, que disseram estar “fora de moda”. Segundo eles, o fato das chaves privadas de carteiras cripto poderem ser memorizadas elimina o risco de confisco do bitcoin, por exemplo.

“Ainda hoje, armazenar ativos na forma de ouro não só ficou fora de moda na era digital, mas também traz restrições significativas ao cruzar fronteiras. O bitcoin oferece uma solução para esse dilema, permitindo o movimento rápido e relativamente discreto de valor através das fronteiras”, escreveu Markus Thielen, head de research da Matrixport.

“Portanto, considerando o estado atual dos desenvolvimentos tecnológicos, as funções principais do bitcoin são provavelmente como uma reserva de valor semelhante ao ouro e um ativo financeiro especulativo”, acrescentou o relatório.

Sabia que você pode investir em Bitcoin, ether, Polkadot e muitas outras moedas digitais direto no app da Mynt? Comece com R$ 100 e com a segurança de uma empresa BTG Pactual. Clique aqui para abrir sua conta gratuitamente.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok  

Acompanhe tudo sobre:BitcoinOuroCriptomoedas

Mais de Future of Money

Ether dispara mais de 10% após Bloomberg reverter posição e projetar aprovação de ETFs

Genesis anuncia R$ 15 bilhões para ressarcir clientes prejudicados por falência

Brasileiros investem R$ 9,1 milhões nos fundos de criptomoedas em semana de reação global

Banco Central revela próximos passos da regulação de criptomoedas; veja o que esperar

Mais na Exame