Esporte

Qual é o prêmio da Fórmula 1? Valores chegam a US$ 1 bilhão; confira

Atraindo valores milionários a cada ano, a Fórmula 1 é um dos esportes que mais rendem dinheiro em premiações

F1: o prêmio na F1 é assunto muito importante para as equipes e pilotos (Kamran Jebreili/Reuters)

F1: o prêmio na F1 é assunto muito importante para as equipes e pilotos (Kamran Jebreili/Reuters)

Antonio Souza
Antonio Souza

Repórter da Home e Esportes

Publicado em 6 de outubro de 2023 às 12h47.

Última atualização em 2 de novembro de 2023 às 01h35.

Neste domingo, 8, acontece o Grande Prêmio do Catar de Fórmula 1, a 15ª etapa da temporada. As atenções estarão para o piloto holandês Max Verstappen, que pode conquistar o seu terceiro campeonato consecutivo e levar um prêmio bilionário para a RBR.

Fórmula 1 é um esporte conhecido por demandar patrocínios em valores elevados. Em 2022, a principal categoria do automobilismo mundial arrecadou US$ 724 milhões, em números divulgados pela Liberty Media, gestora comercial da F1.

O prêmio na F1 é assunto muito importante para as equipes e pilotos. Afinal, trata-se de uma das principais fontes de receita para esses participantes do esporte.

Qual é a premiação para o campeão da Fórmula 1?

Atraindo valores milionários a cada ano, a Fórmula 1 é um dos esportes que mais rendem dinheiro em premiações. Segundo o portal F1 Mania, com informações do site suíço Blick.ch, ao todo o prêmio chega a US$ 1,2 bilhão (aproximadamente R$ 6 bilhões), que são distribuídos entre o piloto campeão e funcionários da equipe vencedora.

Como é feita a divisão do prêmio da F1?

O prêmio em dinheiro da Fórmula 1 é distribuído entre equipes e pilotos, com base na classificação ao final da temporada. As montadoras recebem um valor de acordo com a sua posição no campeonato de construtores, que se baseia no desempenho dos dois carros na competição.

Do valor da premiação final, 25% são destinados a montadoras que foram campeãs em temporadas passadas. Por exemplo, a Ferrari, multi campeã com o alemão Michael Schumarcher, faturou no ano passado mais que a campeã RBR, recebendo uma bagatela de US$ 200 milhões, ante US$ 169 milhões da construtora do Reino Unido.

Os pilotos recebem a maior parte da divisão do montante. Esse valor pode variar de uma temporada para outra, dependendo dos acordos comerciais feitos pela Fórmula 1 com seus patrocinadores e detentores dos direitos televisivos.

Importância para as equipes

Uma das principais fontes de receita para as equipes é o pagamento em dinheiro. Ele pode ser usado para financiar novos projetos e investimentos, como contratar novos talentos ou desenvolver novas tecnologias para carros.

A decisão dos patrocinadores de investir na montadora também pode ser influenciada pelo prêmio em dinheiro. Uma equipe bem-sucedida tende a atrair mais patrocinadores, aumentando o lucro com publicidade e marketing.

Acompanhe tudo sobre:Fórmula 1PatrocínioGP São Paulo

Mais de Esporte

Alison dos Santos vence última prova nos 400m com barreiras antes das Olimpíadas de Paris

Saiba como foi projetada a tocha olímpica, inspirada nos reflexos da Torre Eiffel sobre o rio Sena

Jogos de sábado, 20 de julho de 2024, onde assistir ao vivo e horários

Mais na Exame