ESG

O bonde da França chegou: o encontro entre FBank, o banco da favela, e a comitiva de Macron

Celso Athayde, da Favela Holding, comenta sobre o encontro com Julien Delamorte, CEO da Handsome, empresa de pagamentos que busca na favela conhecimento sobre inclusão

Emmanuel Macron no Brasil: presidente francês pilota um drone nas imediações de Belém (PA) ao lado do presidente Lula (Alessandro Falco/Bloomberg/Getty Images)

Emmanuel Macron no Brasil: presidente francês pilota um drone nas imediações de Belém (PA) ao lado do presidente Lula (Alessandro Falco/Bloomberg/Getty Images)

Celso Athayde
Celso Athayde

CEO da Favela Holding

Publicado em 27 de março de 2024 às 07h57.

Uma comitiva do presidente da França, Emmanuel Macron, acaba de chegar ao Brasil trazendo na bagagem 30 empresas francesas com o objetivo de se conectar com parceiros e debater sobre diversas áreas de negócios, como entretenimento, educação, tecnologia, acessibilidade, audiovisual, entre outras.

Dentre as iniciativas que buscam se desenvolver no Brasil eu destaco a Handsome, que é mais do que uma empresa de tecnologia, é uma voz poderosa em prol da inclusão. Julien Delamorte, um dos fundadores e CEO da empresa, explica que sua ferramenta é uma solução de pagamentos que apresenta um avanço significativo no campo da acessibilidade digital, pois permite que pessoas com deficiência visual e idosos tenham acesso a serviços bancários e transações com o uso de cartões de débito e crédito por meio da leitura de voz, proporcionando uma experiência digital inclusiva e acessível.

Esta manhã, Julien fez uma visita à sede da Favela Holding, em São Paulo, para uma imersão no ecossistema, entender melhor como vivem as pessoas com dificuldades visuais nas favelas brasileiras e conhecer algumas particularidades deste território. Durante a visita, falada em inglês, francês e favelês, as palavras que eram conhecidas de todos eram impacto positivo, acessibilidade e inclusão.

A conversa com Julien rendeu boas perspectivas futuras, quando ele tomou conhecimento de informações mais detalhadas sobre o FBank, que teve seu pré-lançamento no South Summit neste final de março e será oficialmente lançado no mês de setembro deste ano, com gerentes e agência nas próprias favelas.

A solução oferecida pela Handsome é uma ideia inovadora que já é realidade na Europa e nos Estados Unidos e em breve chega ao Brasil para facilitar a vida de milhões de pessoas que possuem algum tipo de deficiência visual.

Acompanhe tudo sobre:FavelasEmmanuel MacronFrança

Mais de ESG

As máscaras voltaram, mas desta vez a culpa não é da covid

Tragédia no RS evidencia desafios na prevenção de eventos extremos

Flor sob risco de extinção é ameaçada pela aceleração da transição energética

Satélite ajuda Aegea a vigiar vazamentos e reduzir perdas de água

Mais na Exame