Yellen deve ganhar apoio em votação teste no Senado nesta 6ª

Segundo um acordo bipartidário alcançando na quinta-feira, o Senado não irá votar para confirmar Yellen antes de 6 de janeiro

Washington - O Senado dos Estados Unidos, liderado pelos democratas, deve encerrar seus trabalhos deste ano nesta sexta-feira numa votação para abrir caminho à indicação de Janet Yellen pelo presidente Barack Obama para comandar o Federal Reserve.

Mas segundo um acordo bipartidário alcançando na quinta-feira, o Senado não irá votar para confirmar Yellen, agora vice-chair do Fed, antes de 6 de janeiro, a data em que volta a se reunir. Ela irá substituir Ben Bernanke, cujo mandato acaba no final de janeiro.

O Senado votará por volta de meio-dia (horário local) desta sexta-feira sobre se encerra o debate relacionado a Yellen.

Para prevalecer nesta votação teste e avançar com a indicação, os democratas de Obama, que dominam o Senado por 55 a 45, precisam de uma maioria simples e parece certo que a conseguirão.

A votação desta sexta-feira sobre Yellen deve ser a última deste ano no Senado.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.