UE libera primeira parcela de resgate do Chipre

A parecela chega a dois bilhões de euros

A União Europeia (UE) liberou nesta segunda-feira a primeira parcela do resgate ao Chipre, que chega a dois bilhões de euros, e pretende desembolsar outra antes do fim do junho, quando repassará um bilhão de euros à ilha.

O Mecanismo Europeu de Estabilidade (MEDE) aprovou nesta segunda-feira a liberação da primeira parcela do resgate previsto para o Chipre, informou o fundo de resgate europeu em um comunicado.

As duas parcelas serão pagas em dinheiro e serão usadas para cumprir as necessidades financeiras e fiscais.

No fim de março, os europeus aprovaram um plano de resgate ao Chipre de 17 bilhões de euros.

O MEDE dará 9 bilhões de euros em três anos, o Fundo Monetário Internacional (FMI) um bilhão, enquanto os demais sete bilhões serão obtidos no próprio país com uma dura reforma do setor financeiro cipriota.

A maior parte da contribuição cipriota virá de um confisco de até 60% nos depósitos superiores a 100.000 euros do principal banco do país, e ainda maior no segundo banco do cipriota.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também