Setor de serviços gerou o maior número de empregos em agosto

Segundo o Ministério do Trabalho, foram criados 94.389 postos no setor

Brasília - O setor de serviços foi o responsável pela maior geração de empregos em agosto, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado hoje (14) pelo Ministério do Trabalho e Emprego. Foram criados 94.389 postos no setor. Em seguida, vêm o comércio, com 44.336 vagas, e a indústria de transformação, com 35.914.

Entre os estados, São Paulo registrou o maior número de novos postos com carteira assinada (53.033). O Rio de Janeiro é o estado onde houve a segunda maior geração de empregos, com 19.865 vagas, seguido de Pernambuco, com 18.613.

Entre as regiões, a Sudeste teve o maior número de empregos criados em agosto (74.895), seguida da Nordeste (59.513) e da Sul (27.457). As regiões Centro-Oeste e Norte geraram, respectivamente, 15.096 e 13.485 empregos.

No total, foram criadas 190.446 vagas em agosto e, no acumulado do ano, 1,82 milhão. Segundo o Ministério do Trabalho, a geração de empregos este ano deverá ficar um pouco abaixo da meta de 3 milhões de empregos, entre 2,7 milhões e 2,8 milhões.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.