• AALR3 R$ 20,29 0.74
  • AAPL34 R$ 67,40 -2.05
  • ABCB4 R$ 16,73 -0.18
  • ABEV3 R$ 14,19 0.78
  • AERI3 R$ 3,63 -6.20
  • AESB3 R$ 10,65 -2.92
  • AGRO3 R$ 31,09 0.61
  • ALPA4 R$ 20,82 0.29
  • ALSO3 R$ 19,15 -1.64
  • ALUP11 R$ 27,31 0.52
  • AMAR3 R$ 2,40 -2.83
  • AMBP3 R$ 30,55 -1.99
  • AMER3 R$ 22,85 -5.07
  • AMZO34 R$ 63,86 -2.50
  • ANIM3 R$ 5,36 -3.42
  • ARZZ3 R$ 79,90 0.49
  • ASAI3 R$ 15,91 0.25
  • AZUL4 R$ 20,78 -5.37
  • B3SA3 R$ 12,02 -0.66
  • BBAS3 R$ 37,75 -0.57
  • AALR3 R$ 20,29 0.74
  • AAPL34 R$ 67,40 -2.05
  • ABCB4 R$ 16,73 -0.18
  • ABEV3 R$ 14,19 0.78
  • AERI3 R$ 3,63 -6.20
  • AESB3 R$ 10,65 -2.92
  • AGRO3 R$ 31,09 0.61
  • ALPA4 R$ 20,82 0.29
  • ALSO3 R$ 19,15 -1.64
  • ALUP11 R$ 27,31 0.52
  • AMAR3 R$ 2,40 -2.83
  • AMBP3 R$ 30,55 -1.99
  • AMER3 R$ 22,85 -5.07
  • AMZO34 R$ 63,86 -2.50
  • ANIM3 R$ 5,36 -3.42
  • ARZZ3 R$ 79,90 0.49
  • ASAI3 R$ 15,91 0.25
  • AZUL4 R$ 20,78 -5.37
  • B3SA3 R$ 12,02 -0.66
  • BBAS3 R$ 37,75 -0.57
Abra sua conta no BTG

Orçamento de guerra pode restringir atuação do BC no mercado secundário

Modificadas pelo relator da proposta no Senado, as regras para a atuação do Banco Central eram alvo da maior parte das resistências entre os senadores
Senado: caso as mudanças sejam aprovadas, a PEC terá de retornar à Câmara dos Deputados (Agência Senado/Edilson Rodrigues)
Senado: caso as mudanças sejam aprovadas, a PEC terá de retornar à Câmara dos Deputados (Agência Senado/Edilson Rodrigues)
Por ReutersPublicado em 13/04/2020 17:37 | Última atualização em 13/04/2020 17:37Tempo de Leitura: 3 min de leitura

O relator da chamada PEC do orçamento de guerra no Senado, Antonio Anastasia (PSD-MG), decidiu criar uma nova sistemática para a atuação do Banco Central no mercado secundário e determinou que a instituição preste informações diárias sobre essa atuação, informou a assessoria do parlamentar por meio de nota.

Seu relatório restringiu os ativos privados que o BC poderá comprar e ressaltou que eles terão que ter "avaliação de qualidade de crédito realizada por pelo menos uma das três maiores agências internacionais de classificação e preço de referência publicado por entidade do mercado financeiro acreditada pelo Banco Central".

Modificadas por Anastasia, as regras para a atuação do BC eram alvo da maior parte das resistências entre senadores. Caso as mudanças sejam aprovadas, PEC terá de retornar à Câmara dos Deputados. O presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), já adiantou que a proposta poderá ser promulgada de maneira fatiada: publica-se apenas o que é fruto de consenso entre deputados e senadores.

Na comparação com apresentação exibida por Campos Neto na semana passada aos senadores, o parecer excluiu a possibilidade de compra pelo BC de fundos de direitos creditórios (FDICs). O presidente do BC havia estimado este mercado, sozinho, em 221 bilhões de reais.

O texto também restringiu a atuação na compra de debêntures aos papéis que não forem conversíveis em ações. Campos Neto havia mencionado anteriormente debêntures, de maneira geral.

Adicionalmente, o relatório frisou que serão passíveis de negociação direta pelo BC cédulas de crédito imobiliário; certificados de recebíveis imobiliários; certificados de recebíveis do agronegócio; notas comerciais e cédulas de crédito bancário.

A autoridade monetária também poderá comprar e vender títulos de emissão do Tesouro Nacional, nos mercados secundários local e internacional, o que já estava previsto no texto da Câmara.

"Manter a estabilidade e o funcionamento adequado e eficiente dos mercados financeiros, de capitais e de pagamentos é essencial para evitar crises financeiras que possam levar a uma exacerbação aguda dos problemas que estamos vivendo no presente", argumenta o senador no parecer.

"Medidas que contenham potencial para mitigar ou conter o risco sistêmico são importantes e bem-vindas. É preciso focar no mais importante, os limites que devem ser impostos à atuação do Banco Central", afirmou Anastasia, defendendo como "essencial" o envio de informações detalhadas sobre as operações por parte do BC.

O texto mantém, ainda, as exceções à regra de ouro previstas na Proposta de Emenda à Constituição (PEC) aprovada pela Câmara dos Deputados, mas suprime a criação de comitê de gestão de crise.