Economia
Acompanhe:

Ministro do Comércio do Japão se preocupa com tarifas em carros importados

Hiroshige Seko afirmou que o livre comércio será prejudicado se os EUA decidirem impor tarifas a carros importados

Impacto: se implementadas, as tarifas causarão enorme impacto no Japão, que exporta grandes volumes de veículos para os EUA (Google Imagens/Reprodução)

Impacto: se implementadas, as tarifas causarão enorme impacto no Japão, que exporta grandes volumes de veículos para os EUA (Google Imagens/Reprodução)

E
Estadão Conteúdo

24 de maio de 2018, 13h43

Tóquio - O ministro do Comércio do Japão, Hiroshige Seko, afirmou nesta quinta-feira que haverá confusão e que o livre comércio será prejudicado se os EUA decidirem impor tarifas a carros importados.

"Se entrar em vigor, isso causará restrições bastante amplas ao comércio e confundirá o mercado global. Seria muito lamentável porque também poderia ter efeitos negativos na estrutura do comércio multilateral estabelecido sob (a Organização Mundial do Comércio - OMC)", disse Seko a repórteres.

O ministro acrescentou que planeja entrar em contato com autoridades dos EUA e alertá-las que quaisquer eventuais novas políticas devem estar em conformidade com as regras da OMC.

Os comentários de Seko vieram depois que o governo dos EUA revelou ontem que irá iniciar uma investigação sobre importações de carros que pode levar à imposição de novas tarifas.

Se implementadas, as tarifas provavelmente terão enorme impacto no Japão, que exporta grandes volumes de veículos para os EUA.