MEC quer abrir mão de R$ 55 milhões para militares

Maior parte dos cortes será nas despesas "discricionárias", ou seja, aqueles gastos que não são obrigatórios e que o MEC pode optar ou não por fazer

Na contramão dos cortes do seu próprio orçamento, o Ministério da Educação (MEC) quer abrir mão de verbas e dobrar os gastos com o programa de escolas comandadas por militares. Os gastos do MEC com as escolas cívico-militares deverão sair de R$ 54 milhões em 2020 para R$ 108 milhões em 2021.

Documento obtido pelo GLOBO mostra que, para fazer o projeto funcionar, o MEC pediu até um corte em seu próprio orçamento para que mais recursos fossem direcionados ao Ministério da Defesa, responsável pelo pagamento de militares inativos que atuarão nas escolas.

A previsão de duplicar os investimentos no programa acontece em meio ao anúncio de que o governo pretende cortar recursos do orçamento do MEC em 2021.

A maior parte dos cortes será nas despesas “discricionárias”, ou seja, aqueles gastos que não são obrigatórios e que o MEC pode optar ou não por fazer. O pedido para o corte no próprio orçamento para garantir a expansão do programa foi feito no dia 27 de julho, em documento obtido pelo GLOBO.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 9,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.