Indústria da zona do euro surpreende e recua em outubro

Produção industrial nos 19 países que usam a moeda única caiu 0,1 por cento em outubro sobre o mês anterior

Bruxelas - A produção industrial da zona do euro caiu em outubro pelo segundo mês seguido, contrariando expectativa de ligeiro aumento, uma vez que a produção de bens intermediários e não duráveis recuou, em um sinal de crescimento fraco no quarto trimestre.

A agência de estatísticas da União Europeia, Eurostat, informou nesta quarta-feira que a produção industrial nos 19 países que usam a moeda única caiu 0,1 por cento em outubro sobre o mês anterior, embora tenha apresentado uma alta anual de 0,6 por cento.

Pesquisa da Reuters junto a economistas apontava expectativa de alta de 0,2 por cento no ano, com ganho de 0,8 por cento na comparação anual.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.