Geração de empregos em abril se concentrou no Centro-Sul do País

Dentre os Estados, São Paulo liderou a criação de empregos no mês, com 30.227 vagas, seguido por Minas Gerais (14.818)

Brasília - O saldo positivo de 59.856 vagas de emprego formal em abril se concentrou no Centro-Sul do País, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

A Região Sudeste registrou a abertura de 46.039 postos de trabalho no mês passado, seguido pelo Centro-Oeste, com 10.538 vagas criadas.

Na Região Sul, houve um saldo positivo de 5.537 empregos.

Já na Região Norte, houve um fechamento de 1.139 vagas em abril, enquanto no Nordeste o saldo foi negativo em 1.119 vagas.

Estados

Dentre os Estados, São Paulo liderou a criação de empregos no mês, com 30.227 vagas, seguido por Minas Gerais (14.818), Bahia (7.192), Goiás (7.170) e Paraná (6.742).

Já Alagoas perdeu 4.008 postos de trabalho e foi a Unidade da Federação com maior fechamento de vagas, seguido por Rio Grande do Sul (3.044) e Rio de Janeiro (2.554).

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.