Acompanhe:

A Fitch Ratings melhorou as previsões para o desempenho da economia dos Estados Unidos e abandonou a expectativa anterior por recessão em 2024, em quadro fiscal ainda favorável que amplifica os efeitos de um consumo resiliente.

A instituição agora projeta que o Produto Interno Bruto (PIB) norte-americano crescerá 2,4% este ano e 1,2% no próximo, de acordo com a mais recente edição do seu relatório de perspectivas globais.

No documento anterior, em setembro, a expectativa era por um avanço de 2,0% em 2023 e de 0,3% em 2024. Para 2025, a estimativa é de uma alta de 1,4%.

A agência atribui parte do movimento positivo ao significativo relaxamento fiscal, com forte aumento dos gastos do governo com bens e serviços. O recuo das poupanças é outro fator que apoia o crescimento, de acordo com a análise.

No entanto, a Fitch vê sinais de desaceleração do crédito e dos lucros. "Um crescimento mais lento dos salários nominais e do emprego reduzirão o avanço renda das famílias e o serviço da dívida do consumidor aumentará materialmente em 2024", avalia.

A agência acredita que o Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) ainda subirá os juros em janeiro de 2024, antes de cortá-los a partir de julho. De qualquer forma, a Fitch está mais otimista quanto ao ano que vem, mas ainda vê o que classificou como uma recessão "rasa" em 2025.

Projeções para o PIB global

Por outro lado, a Fitch também aponta que a desaceleração possa surgir devido aos efeitos do aperto monetário e os riscos associados à crise de liquidez no mercado imobiliário chinês.

Na edição mais recente do relatório de perspectivas globais, a instituição projeta que o Produto Interno Bruto (PIB) do planeta crescerá 2,9% em 2023, ou 0,4 ponto porcentual acima da estimativa anterior, de setembro.

A expectativa para a expansão em 2024 também foi elevada, de 1 9% para 2,1%. Por outro lado, a agência reduziu a projeção para o avanço do PIB global em 2025, de 2,8% para 2,5%.

"Um impacto mais prolongado do aperto monetário aponta para uma desaceleração mais lenta em 2024, mas também uma recuperação subsequente mais fraca", explica a agência.

Problemas na zona do euro

Após crescimento exíguo em 2023, a Fitch espera que as principais economias da Europa enfrentem um quadro de recessão já a partir do quarto trimestre deste ano, sob o efeito defasado da agressiva campanha de aperto monetário conduzida pelos bancos centrais da região.

A agência prevê que o Produto Interno Bruto (PIB) da zona do euro crescerá 0,5% em 2023, conforme a mais recente edição do relatório de perspectivas globais.

A estimativa é 0,1 ponto porcentual menor que a anterior, divulgada em setembro. A expectativa para o avanço em 2024 foi reduzida de maneira ainda mais forte, de 1,1% para 0,7%. Para 2025, a instituição espera alta de 1,7%.

A Fitch acredita que o Banco Central Europeu (BCE) começará a cortar juros em abril de 2024, com diminuição acumulado de 75 pontos-base até o final do ano.

No Reino Unido, a agência elevou a projeção para a expansão do PIB em 2023 (de 0,2% para 0,5%), mas diminuiu a de 2024 (de 0,7% para 0,3%), enquanto a de 2025 foi mantida em 1,8%. Para a Fitch, o Banco da Inglaterra (BoE) só relaxará a política monetária em agosto.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Governo lança programa proteção cambial para investimento verde com R$ 27 milhões do BID
Economia

Governo lança programa proteção cambial para investimento verde com R$ 27 milhões do BID

Há 3 horas

No G20, líder do FMI diz que é preciso concluir tarefa para conter inflação e elogia Brasil
Economia

No G20, líder do FMI diz que é preciso concluir tarefa para conter inflação e elogia Brasil

Há 4 horas

BID será principal parceiro técnico na implementação do programa de hedge, diz Goldfajn
Economia

BID será principal parceiro técnico na implementação do programa de hedge, diz Goldfajn

Há 5 horas

Voa Brasil não terá nenhum recurso do governo, diz Costa Filho
Economia

Voa Brasil não terá nenhum recurso do governo, diz Costa Filho

Há 5 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais