Economia
Acompanhe:

EUA revisam dados do PIB do 2º tri para tombo de 31,7%

Há cerca de um mês, a queda do PIB americano entre abril junho, na comparação anual, havia sido estimada originalmente em 32,9%

Estados Unidos: há cerca de um mês, a queda do PIB americano entre abril junho havia sido estimada originalmente em 32,9% (Olaser/Getty Images)

Estados Unidos: há cerca de um mês, a queda do PIB americano entre abril junho havia sido estimada originalmente em 32,9% (Olaser/Getty Images)

E
Estadão Conteúdo

27 de agosto de 2020, 10h22

O Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos se contraiu à taxa anualizada de 31,7% no segundo trimestre de 2020, diante do violento impacto da pandemia do novo coronavírus na maior economia do mundo, de acordo com a segunda leitura do indicador, divulgada nesta quinta-feira pelo Departamento do Comércio americano.

O resultado, porém, ficou abaixo da expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam retração de 32,4% no período.

Há cerca de um mês, a queda do PIB americano entre abril junho havia sido estimada originalmente em 32,9%. Apenas os gastos com consumo, que respondem por cerca de 70% do PIB dos EUA, sofreram queda anualizada de 34,1% no segundo trimestre, menor do que a retração de 34,6% calculada anteriormente.

O Departamento do Comércio informou também que o índice de preços de gastos com consumo (PCE, na sigla em inglês) recuou à taxa anualizada de 1,8% no segundo trimestre. Já o núcleo do PCE que desconsidera preços de alimentos e energia, caiu 1% no mesmo período. No mês passado, as reduções do PCE e do núcleo haviam sido estimadas em 1,9% e 1,1%, respectivamente.