EUA negociam acordo de livre-comércio com União Europeia

O acordo criaria uma das maiores áreas de troca do mundo

Washington - Os Estados Unidos estão dispostos a colocar "tudo sobre a mesa" nas negociações com a União Europeia, para chegar a um acordo de livre comércio que criaria uma das maiores áreas de troca do mundo, afirmou nesta quarta-feira o representante norte-americano de Comércio Exterior, Ron Kirk.

"Para nós está tudo sobre a mesa, em todos os setores, incluindo o setor de agricultura", disse Kirk, acrescentando que os Estados Unidos também estão dispostos a negociar temas centrais como o comércio de organismos geneticamente modificados.

"Devemos ser ambiciosos e negociar todos esses assuntos", acrescentou.

Nesta terça-feira, o presidente Barack Obama anunciou em seu discurso anual sobre o Estado da União que os Estados Unidos iniciarão as negociações com a União Europeia.

O presidente da Comissão Europeia, Jose Manuel Barroso, disse nesta quarta-feira que um acordo deste tipo seria um impulso para o crescimento e para o emprego, mas que as negociações não seriam fáceis.

Os principais temas de atrito devem ser a agricultura e alguns setores produtivos que recebem subsídios em ambos os lados.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também