EUA criam 213 mil vagas de trabalho em junho e desemprego sobe a 4%

A economia americana gerou 244 mil postos de trabalho em maio e 175 mil em abril, resultando num ganho líquido de 37 mil no período

Washington - Os Estados Unidos criaram 213 mil empregos em junho, segundo dados com ajustes sazonais publicados hoje pelo Departamento do Trabalho. O resultado veio acima da expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam geração de 195 mil vagas.

Por outro lado, a taxa de desemprego subiu de 3,8% em maio - a menor desde abril de 2000 - para 4% em junho. A previsão era de manutenção da taxa, a 3,8%.

Números revisados mostraram que a economia americana gerou 244 mil postos de trabalho em maio e 175 mil em abril, resultando num ganho líquido de 37 mil no período.

O salário médio por hora dos trabalhadores subiu 0,19% no mês passado ante maio, ou US$ 0,05, para US$ 26,98 por hora. O dado veio abaixo da previsão de acréscimo de 0,30%. Na comparação anual, o aumento foi de 2,7%.

O mês de maio marcou o 93º mês seguido de criação de empregos nos EUA, a série mais longa da história.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.